como conseguir fies

Como conseguir Fies: Veja quais são as regras para esse financiamento.

Para quem sonha em ingressar em uma faculdade, porém não possui dinheiro para realizar o seu sonho, o FIES (Fundo de Financiamento estudantil),  pode ser sua grande oportunidade. Após a realização das provas do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio), os vestibulandos podem concorrer a vagas para ingressar em faculdades Federais ou estaduais através do SISU, ou em faculdades privadas com bolsas parciais ou integrais através do ProUni. Porém se o estudando não conseguir uma nota suficiente para garantir a sua vaga, ele ainda tem outra chance, com o FIES (Fundo de Financiamento ao Estudante de Ensino Superior). Porém uma grande dúvida é sobre como conseguir Fies, algo que vamos esclarecer nesse artigo.

Para quem ainda não conhece, o FIES é um programa do governo, criado em 1999, a fim de atender ao público que não possui condições financeiras para cursar uma faculdade, e com isso, a cada dia aumenta a procura dos estudantes pelo financiamento realizado através do FIES. Se você quer saber como se inscrever no FIES e conseguir financiar o seu curso de graduação para pagá-lo só depois de formado, continue lendo esse artigo que nós explicaremos tudo o que você precisa saber.

Como conseguir Fies?

Se você deseja saber como conseguir FIES, é necessário ter realizado a prova do Enem, no ano anterior ao ano de inscrição do FIES. Depois deverá esperar pelas datas de abertura para inscrição no programa. Fazer a inscrição e concorrer uma das centenas de vagas disponíveis. A inscrição para o FIES é rápida e prática, você só precisa seguir alguns requisitos básicos para conseguir concorrer. Na época das inscrições você deve acessar ao site oficial do programa, preencher seus dados, e buscar pelo curso que você deseja para concorrer a vaga.

Quais os requisitos para conseguir esse financiamento?

Para conseguir o FIES, é necessário que o aluno atenda aos requisitos básicos exigidos, caso ele não atenda a um desses critérios ele será eliminado e não poderá concorrer a vaga. Os critérios são:

  • Ter renda máxima de até  3 (três) salários mínimos por pessoa do seu grupo familiar;
  • Ter feito o Enem no ano anterior, e ter obtido nota acima de 450 pontos, sendo que o estudante não pode ter obtido 0 (zero) na redação do Enem;
  • Não ter concluído nenhum curso superior;
  • Possuir um fiador.

Obs.: O Fiador não é exigido para os alunos que possuem bolsa parcial no ProUni, alunos que tem renda familiar per capita de até 1,5 salário mínimo, e também os que estão matriculados em cursos de licenciatura.

Todos podem participar do FIES?

A fim de selecionar os candidatos melhor, existem algumas regras que precisam ser cumpridas para que o candidato possa concorrer a uma das vagas, quem não estiver dentro dessas regras até poderá efetuar sua inscrição, mas será eliminado. Veja a seguir quem não poderá conseguir um financiamento pelo FIES

  • Alunos que possuam algum tipo de restrição em seu nome (o famoso “nome sujo”);
  • Alunos que estejam com a matrícula trancada no período da inscrição;
  • Alunos que foram beneficiados com bolsa integral no ProUni;
  • Estudantes que estão matriculados em cursos que não possuem o programa de financiamento FIES;
  • Pessoas que já tiveram sido beneficiados com o financiamento pelo FIES;
  • Estudantes com renda per capita familiar superior a 3 (três) salários mínimos.
  • Alunos que obtiveram nota 0 (zero) na redação.

Quais os cursos mais procurados?

Os 5 (Cinco) cursos mais procurados pelos alunos que desejam conseguir o financiamento estudantil do governo federal, o FIES, são:

  • 1° Medicina;
  • 2° Direito;
  • 3° Enfermagem;
  • 4° Administração;
  • 5° Engenharia.

Por isso, se você deseja obter o financiamento para algum desses cursos, é melhor estudar bastante para sair bem na prova do Enem e conseguir ser um dos selecionados para uma vaga em uma faculdade privada com esse financiamento, pois o critério de avaliação dos candidatos que desejam uma vaga é o mesmo dos outros programas do governo, como SISU e ProUni, ou seja, dá prioridade aos alunos que obtiveram maior desempenho nas provas do Exame Nacional do Ensino Médio – ENEM.

Você já fez algum curso de graduação utilizando o financiamento do FIES? Valeu a pena? Os juros são realmente mais baixos do que os cobrados em outros financiamentos? Você recomendaria aos outros alunos que façam parte desse programa? Deixe nos comentários a sua opinião obre o FIES.

 

You might also like

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.