Tag: universidade

Para quem sonha em ingressar em uma faculdade, porém não possui dinheiro para realizar o seu sonho, o FIES (Fundo de Financiamento estudantil),  pode ser sua grande oportunidade. Após a realização das provas do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio), os vestibulandos podem concorrer a vagas para ingressar em faculdades Federais ou estaduais através do SISU, ou em faculdades privadas com bolsas parciais ou integrais através do ProUni. Porém se o estudando não conseguir uma nota suficiente para garantir a sua vaga, ele ainda tem outra chance, com o FIES (Fundo de Financiamento ao Estudante de Ensino Superior). Porém uma grande dúvida é sobre como conseguir Fies, algo que vamos esclarecer nesse artigo.

Para quem ainda não conhece, o FIES é um programa do governo, criado em 1999, a fim de atender ao público que não possui condições financeiras para cursar uma faculdade, e com isso, a cada dia aumenta a procura dos estudantes pelo financiamento realizado através do FIES. Se você quer saber como se inscrever no FIES e conseguir financiar o seu curso de graduação para pagá-lo só depois de formado, continue lendo esse artigo que nós explicaremos tudo o que você precisa saber.

Como conseguir Fies?

Se você deseja saber como conseguir FIES, é necessário ter realizado a prova do Enem, no ano anterior ao ano de inscrição do FIES. Depois deverá esperar pelas datas de abertura para inscrição no programa. Fazer a inscrição e concorrer uma das centenas de vagas disponíveis. A inscrição para o FIES é rápida e prática, você só precisa seguir alguns requisitos básicos para conseguir concorrer. Na época das inscrições você deve acessar ao site oficial do programa, preencher seus dados, e buscar pelo curso que você deseja para concorrer a vaga.

Quais os requisitos para conseguir esse financiamento?

Para conseguir o FIES, é necessário que o aluno atenda aos requisitos básicos exigidos, caso ele não atenda a um desses critérios ele será eliminado e não poderá concorrer a vaga. Os critérios são:

  • Ter renda máxima de até  3 (três) salários mínimos por pessoa do seu grupo familiar;
  • Ter feito o Enem no ano anterior, e ter obtido nota acima de 450 pontos, sendo que o estudante não pode ter obtido 0 (zero) na redação do Enem;
  • Não ter concluído nenhum curso superior;
  • Possuir um fiador.

Obs.: O Fiador não é exigido para os alunos que possuem bolsa parcial no ProUni, alunos que tem renda familiar per capita de até 1,5 salário mínimo, e também os que estão matriculados em cursos de licenciatura.

Todos podem participar do FIES?

A fim de selecionar os candidatos melhor, existem algumas regras que precisam ser cumpridas para que o candidato possa concorrer a uma das vagas, quem não estiver dentro dessas regras até poderá efetuar sua inscrição, mas será eliminado. Veja a seguir quem não poderá conseguir um financiamento pelo FIES

  • Alunos que possuam algum tipo de restrição em seu nome (o famoso “nome sujo”);
  • Alunos que estejam com a matrícula trancada no período da inscrição;
  • Alunos que foram beneficiados com bolsa integral no ProUni;
  • Estudantes que estão matriculados em cursos que não possuem o programa de financiamento FIES;
  • Pessoas que já tiveram sido beneficiados com o financiamento pelo FIES;
  • Estudantes com renda per capita familiar superior a 3 (três) salários mínimos.
  • Alunos que obtiveram nota 0 (zero) na redação.

Quais os cursos mais procurados?

Os 5 (Cinco) cursos mais procurados pelos alunos que desejam conseguir o financiamento estudantil do governo federal, o FIES, são:

  • 1° Medicina;
  • 2° Direito;
  • 3° Enfermagem;
  • 4° Administração;
  • 5° Engenharia.

Por isso, se você deseja obter o financiamento para algum desses cursos, é melhor estudar bastante para sair bem na prova do Enem e conseguir ser um dos selecionados para uma vaga em uma faculdade privada com esse financiamento, pois o critério de avaliação dos candidatos que desejam uma vaga é o mesmo dos outros programas do governo, como SISU e ProUni, ou seja, dá prioridade aos alunos que obtiveram maior desempenho nas provas do Exame Nacional do Ensino Médio – ENEM.

Você já fez algum curso de graduação utilizando o financiamento do FIES? Valeu a pena? Os juros são realmente mais baixos do que os cobrados em outros financiamentos? Você recomendaria aos outros alunos que façam parte desse programa? Deixe nos comentários a sua opinião obre o FIES.

 

Read Full Article

Quer cursar psicologia em uma das melhores faculdades de psicologia do Brasil? Saiba a seguir as mais bem cotadas pelo MEC.

Se você já se decidiu e se identifica com o curso de psicologia e quer se tornar um profissional da área, nada mais inteligente que procurar um bom curso para se formar. Para ganhar o mercado na área, ter boa fama e ser um bom profissional e preparado, é claro que seu esforço durante o curso é válido, mas a faculdade que irá cursar também faz toda diferença em seu currículo e também no conteúdo. Escolha uma das melhores faculdades do país a seguir.

Psicologia e as melhores faculdades do Brasil

O curso de psicologia forma verdadeiros intelectuais da área, profissionais preparados para tratar e entender pacientes com distúrbios psicológicos forma também pesquisadores, escritores, clínicos e também professores que querem passar seu conhecimento para frente.

Um dos maiores males da atualidade é a ansiedade, e sabemos que a maioria das nossas doenças são causadas e somatizadas por problemas psicológicos e mal resolvidos entre nosso passado e presente, prejudicando sempre o futuro. Por esses e outros motivos o papel do psicólogo é tão importante para nossa sociedade. Entender e compreender como funciona nossa mente e nossas atitudes e sensações. O psicólogo é um médico da mente, que ajuda a vivermos melhor consigo mesmo.

Melhores faculdades de psicologia

Há diversas faculdades públicas e privadas que são autorizadas pelo MEC a ministrarem o curso de psicologia, apesar de todas serem autorizadas pelo MEC nem todas tem o mesmo nível de qualidade, e isso faz com que algumas formem profissionais medianos e outras profissionais incríveis e preparados para o mercado da área.

Você que é apaixonado pela área e já se decidiu e está prestes a prestar vestibular, agora é a hora de fazer uma seleção e escolher dentre as melhores faculdades de psicologia do país e investir no seu futuro profissional.

Ranking das 15 melhores faculdades de Psicologia

Universidade de São Paulo (USP) SP Pública
Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) MG Pública
Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) RJ Pública
Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUCSP) SP Privada
Universidade de Brasília (UNB) DF Pública
Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) RS Pública
Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) PE Pública
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP) SP Pública
Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) RJ Pública
10º Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS) RS Privada
11º Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) RN Pública
12º Universidade Federal do Paraná (UFPR) PR Pública
13º Universidade Federal Fluminense (UFF) RJ Pública
14º Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) SC Pública
15º Universidade Presbiteriana Mackenzie (MACKENZIE) SP Privada

Esse é o ranking das melhores faculdades de psicologia do Brasil avaliado pelo MEC (Ministério da Educação do Governo Federal), sua avaliação se baseia em alguns critérios como CPC (Conceito Preliminar do Curso), CC (Conceito do Curso) e o Enade (Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes).

Para os resultados do ranking o MEC também avalia a infraestrutura da faculdade, o que ela oferece de material de apoio pro aluno estudar, quais os planejamentos, seminários e palestras que a faculdade proporciona a qualidade e preparo do corpo docente, contratação de profissionais capacitados e com experiência, bibliotecas completas, salas de estudo e laboratórios, ou seja, tudo que um aluno precisa para se dedicar aos estudos, ser um bom profissional e se preparar para o mercado de trabalho.

Melhores faculdades de psicologia

Como faço para saber a nota que a minha faculdade recebeu pelo MEC?

Através dessa avaliação que o MEC faz de todas as faculdades que ele autoriza as mesmas recebem uma nota que vai de 1 a 5, o ideal de uma faculdade com boa reputação varia de nota 4 e 5. Se você não viu o nome da sua faculdade no ranking divulgado acima, não se preocupe, você ainda pode procurar a nota da sua faculdade através do site do MEC. É fácil e simples, siga os passos a seguir:

  1. Acesse o site: http://emec.mec.gov.br/
  2. Entre no menu e clique na área “Consulta Avançada”
  3. Aparecerá o campo “buscar por” e escolha a opção “Curso de Graduação”
  4. Virá a opção para você escolher qual curso, selecione “Psicologia”
  5. Logo após você deverá colocar o Estado onde se encontra sua faculdade, a cidade e se necessitar o município
  6. O site solicitará que você digite um código de verificação para poder lhe mostrar os resultados da busca
  7. Preencha com o código indicado corretamente e selecione “Pesquisar”
  8. Dependendo da quantidade de faculdades que sua cidade possui essas pesquisa poderá demorar alguns minutos
  9. O site lhe mostrará uma lista completa de todas as faculdades que possuem esse curso com suas respectivas notas.

E aí, já escolheu entre as melhores faculdades de psicologia do país?

Read Full Article

Quer saber qual a faculdade de medicina é a de melhor qualidade do Brasil? Veja a seguir a lista de melhores faculdades de medicina veterinária.

Pra você que tá pensando em seguir a carreira de médico veterinário e quer estudar e se especializar num dos melhores cursos do país essa é sua chance! Traremos pra você no artigo de hoje o ranking das melhores faculdades de medicina do Brasil e as suas pontuações. Aqui você também fica por dentro das principais informações sobre veterinária. Não perca tempo e veja a seguir!

 Melhores faculdades de medicina veterinária

O curso de medicina veterinária é um curso muito bem visado e cotado no mercado profissional brasileiro. Exige do aluno tempo de dedicação e estudos intensivos. O curso inteiro dura cinco anos. Os dois primeiros são para estudos mais teóricos, como anatomia, e os outros três anos são estudos de doenças dos animais, pesquisas em laboratórios, iniciação em cirurgias e aulas com animais vivos. Para quem gosta de animais, sua anatomia e forma de vida a veterinária é um curso perfeito. Após a formação o leque de possibilidades com o que se trabalhar é muito grande.

Formando em uma das melhores faculdades de medicina veterinária você poderá:

  • montar sua clínica para atender pets e animais domésticos ou trabalhar como plantonista em algumas delas
  • poderá trabalhar ou montar um hospital para atender e fazer cirurgias em animais
  • poderá ser professor e dar aula em cursos ligados à veterinária
  • terá a possibilidade também de trabalhar em meios rurais fazendo pesquisa e cuidando de animais da pecuária
  • poderá trabalhar em laboratórios de pesquisas com animais, indústrias que testam produtos em animais e etc.

Melhores faculdades de medicina veterinária

 

É claro que para reconhecimento na veterinária e em qualquer outro curso você deve ser um bom profissional e se destacar no mercado. Sabemos também que além do esforço do próprio aluno uma faculdade e um curso de qualidade fazem toda diferença na formação do profissional, por isso escolher com cuidado o seu curso é imprescindível.

Para você escolher um bom curso e estudar medicina veterinária deve saber quais são os melhores do mercado e tentar sua chance em um deles, por isso pesquisamos e trouxemos o ranking do MEC que avaliou todas as faculdades de medicina veterinária do país e escolheu as melhores, com os melhores professores, as melhores notas e desempenhos dos alunos, além da avaliação da melhor estrutura de salas de aula e laboratórios.

Ranking do MEC das melhores faculdades de medicina veterinária

Uma coisa é visível nesta compilação das melhores faculdades, todas elas são faculdades públicas, onde estão os melhores e mais bem preparados professores, tradição no curso, bons laboratórios e infraestrutura.

Melhores faculdades de medicina veterinária

Se você quer cursas medicina essa é sua chance de conhecer os melhores cursos e começar a pensar em qual vai se candidatar.

Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP) SP Pública
Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) MG Pública
Universidade de São Paulo (USP) SP Pública
Universidade Federal de Viçosa (UFV) MG Pública
Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) RS Pública
Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) RS Pública
Universidade Federal de Lavras (UFLA) MG Pública
Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ) RJ Pública
Universidade Estadual de Londrina (UEL) PR Pública
10º Universidade Federal de Uberlândia (UFU) MG Pública
11º Universidade Federal do Paraná (UFPR) PR Pública
12º Universidade Federal da Bahia (UFBA) BA Pública
13º Universidade Federal Fluminense (UFF) RJ Pública
14º Universidade Federal de Pelotas (UFPEL) RS Pública
15º Universidade Federal de Goiás (UFG) GO Pública

O MEC avalia cada curso de medicina veterinária que ele aprova no país periodicamente, cada faculdade recebe notas em diferentes critérios, existe o CPC (Conceito Preliminar do Curso), CC (Conceito do Curso) e o Enade (Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes), neste critérios são dadas notas que vão de 1 a 5.

Entenda melhor o que é avaliado pelo MEC

  • CPC (Conceito Preliminar do Curso) – o MEC avalia o desempenho dos alunos durante o curso, a infraestrutura que a faculdade oferece ao aluno, as instalações físicas, a qualificação dos professores e os recursos que os professores utilizam.
  • Enade (Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes) – O Enade é feito com estudantes do curso para avaliar seus conhecimentos e competências de acordo com o que se tem estudado atualmente.
  • CC (Conceito do Curso) – essa é uma das avaliações mais esperadas, porque é uma avaliação presencial com autoridades do MEC.

Para ser um bom profissional e médico veterinário comece sua carreira escolhendo um curso de qualidade e que vá te dar uma boa base para seguir na carreira. Estudo e se dedique ao que gosta, os frutos virão em consequência.

Até a próxima!

Read Full Article

O sonho de passar na faculdade, fazer uma graduação, se tornar um médico, engenheiro, advogado, contador ou qualquer uma das milhares de profissões existentes, faz parte da vida de boa parte da população. Principalmente dos jovens que acabam de terminar o ensino médio, ou até mesmo daqueles que frequentam cursinhos ou de quem já parou de estudar a algum tempo. O problema é que muitos não têm condições de arcar com os gastos em uma instituição pública, dessa forma precisam optar por um financiamento privado. E se você quer saber mais sobre ele e como contratar, continue lendo esse artigo que vamos explicar tudo.

Financiamento Privado: o que é?

O grande desafio de quem quer fazer um curso superior é conseguir passar em uma faculdade, sempre indo em busca de cursar em uma instituição pública ou com bolsa em privada. Porém se você não obteve uma boa nota no ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio), este sonho pode parecer ficar um pouco distante. Contudo, é para isso que existem os Financiamentos Privados.

O Financiamento Privado foi feito especialmente para quem deseja fazer uma graduação ou uma pós graduação mas não possui dinheiro para isso no momento. Atualmente cada vez fica mais comum fazer uso do Financiamento Privado e como a demanda vem sendo muita, a oferta está aumentando na mesma proporção. A cada dia que se passa vem surgindo novas espécies de financiamento, a fim de satisfazer todos os gostos e todos os “bolsos” proporcionando a todos que desejarem a oportunidade de estudar.

Financiamento Privado: vale a pena?

O financiamento privado funciona da mesma forma que um empréstimo. O estudante, ao contratar esse serviço recebe o dinheiro para o pagamento de sua faculdade, mas depois precisa pagar esse empréstimo acrescido de juros e correção monetária.

O financiamento privado é oferecido por empresas privadas, com isso a sua taxa de juros é mais alta que a do FIES (Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior), e possui um menor prazo para o pagamento da dívida. Contudo não é necessário que se tenha realizado o Enem, nem tem limite de renda.

Financiamento Privado: Onde conseguir?

Conseguir um financiamento privado não é tão difícil quanto parece. Para isso você pode optar por empresas de financiamento estudantil, ou pelos tradicionais bancos. Neste artigo falaremos um pouco mais sobre ambos.

Empresa de financiamento estudantil:

As empresas de financiamento privado estudantil são um crédito para universitários. Geralmente essas empresas possuem uma parceria com algumas faculdades privadas, e cada uma possui suas regras particulares. Para ser  aprovado é necessário que o estudante siga alguns requisitos, que são:

  1. Possuir um fiador;
  2. A renda do aluno e do fiador somadas precisam atender a um valor mínimo, que varia de acordo com cada instituição;
  3. O aluno e o seu fiador não podem possuir nenhum tipo de restrição em seu nome.

Obs: Um caso particular, é o famoso Educa Mais Brasil, que é um programa do governo que garante, além do empréstimo estudantil, um desconto de até 70% do valor da mensalidade. O principal critério desse financiamento privado é não possuir condição de pagar 100% da mensalidade.

financiamento privado

Financiamento por bancos:

Há também os financiamentos privados nos quais os bancos oferecem créditos para estudantes universitários. Em geral é necessário que o estudante tenha conta no banco. No financiamento privado por bancos, você tem a possibilidade de pagar suas mensalidades com até o dobro do tempo. Contudo, o financiamento através de bancos não é disponível para o pagamento de todo o curso, sendo restrito geralmente a um semestre.

Quais são as vantagens de um Financiamento Privado?

O financiamento privado possui muitas vantagens, pois com ele você tem a possibilidade de continuar em seu curso superior quando a grana está curta. Sem precisar trancar a matrícula temporariamente e sem precisar perder um semestre. Outra vantagem de optar pelo financiamento privado é a menor burocracia para conseguir o empréstimo, e não há aquela limitação de vagas nem exclusão do “candidato” como no FIES por exemplo.

O financiamento privado também possui uma agilidade, com isso o estudante garante seu empréstimo na hora do sufoco. E também possibilita o pagamento em um tempo maior do que seria o pagamento normal das mensalidades, com um valor menor.

Quais as desvantagens de um financiamento privado?

Com tudo, o financiamento privado também possui suas desvantagens. Com ele você não pode financiar totalmente o seu curso, sendo restrito, na maioria das instituições, para apenas um semestre. Outra desvantagem é o juros cobrado, que muitas vezes aumenta muito o valor real da mensalidade.
É necessário que cada um analise os prós e contras a fim de decidir o que é mais vantajoso.

Read Full Article