jornalismo curso

Jornalismo: Contamos tudo sobre o curso!

Jornalismo tem muito pra ensinar, é ele que te conta em tempo real tudo que acontece mundo á fora. É o jornalista que trabalha na pesquisa e na procura de acontecimentos verídicos atuais. Será ele que redigirá, transmitirá notícias e participará de todos os outros processos de divulgação, como, por exemplo: a análise dos dados, a investigação, as principais informações de interesse do publico, apuração, adaptação, resumo, organização e a redação das reportagens. Ou seja, seu trabalho se distingue em muitas etapas, desde o acontecimento de algo até a entrega final.

É preciso que haja mais do que habilidades, mas o senso crítico em disseminar as informações nos diversos meios de veículos de comunicação.

Como é o curso de jornalismo?

O bacharel em jornalismo tem duração de quatro anos. Durante esse período de oito semestres os estudantes passam por diversas disciplinas nas áreas de humanas e contam com uma grade rica em conhecimento teórico e aulas práticas. Seja por meio de oficinas ou laboratórios.

Dentre as disciplinas estão: Sociologia, Filosofia, Psicologia, Língua Portuguesa, Redação Teoria da Comunicação, Ética, Teoria e Ciência da Linguagem, Edição de Áudio/vídeo, entre outras. Também estuda as áreas específicas do jornalismo, como pauta jornalística, radio jornalismo,  documentário,  jornalismo cultural, jornalismo em TV, livro-reportagem entre outras.

O objetivo é transformar os universitários em profissionais da notícia. Ajudando–os a encontrarem seu autocontrole, capacidade de expressão, senso comum, técnicas de redação, língua portuguesa, modelos de escrita, edição de textos e afins.

Qual o peso de uma pós-graduação?

No momento em que um universitário recebe o diploma de bacharel, vem, junto com ele, varias sensações e pensamentos sobre o que ainda estão por vir. Não é diferente de qualquer outra opção de curso, mas a diferença está em saber que somos nós que iremos fazer a escolha.

Tratando de uma pós – graduação como escolha,no modelo atual de mercado, isso acaba por enriquecer a formação jornalística, além de encaminhar para diretrizes mais especificas de trabalho. E também para que os novos profissionais possam aprofundar em novos temas e novas abordagens de conteúdo. Conhecimento e formação, nunca são demais.

A verdade é que um jornalista nunca para, ele sempre tem que estar pré-disposto em acompanhar, estudar e ler todas as noticia que o cerca. Não somente em sua localidade ou ambiente, mas no mundo.

Informações,  notícias, casos, opiniões, argumentações, tudo em tempo real. O mundo não para.

Mercado de trabalho

Um dos primeiros fatos e um dos mais importantes que rodeiam sobre esse mercado é que ninguém faz nada sozinho, precisamos do outro, vivemos uns para os outros, o trabalho é o grupo focal, são as opiniões, as ideias e ate mesmo as divergências que geram conteúdos.

O trabalho é sempre coletivo.

Quem é da área de comunicação, sabe do quanto é essencial saber lidar com as pessoas, respeitar suas opiniões, seus ideais e modo de agir. Porque todo mundo tem algo pra aprender e algo pra ensinar. Não é mesmo?

Se tratando de áreas nesse mercado, ele é amplo e abrange vários campos.

Dentre elas temos:

  • Reportagem
  • Comunicação Impressa
  • Comunicação empresarial
  • Comunicação digital
  • Comunicação multimídia
  • Fotojornalismo
  • Documentário
  • Redação
  • Edição
  • Rádio
  • Fotojornalismo
  • Assessor de Imprensa
  • Repórter esportivo
  • Revista
  • Chefe de Reportagem
  • Repórter Investigativo, entre outras.

Mas não somente nessas áreas, com o avanço das novas tecnologias, podemos mergulhar em diversos outros tipos de mercado.

E pra quem quer e curte as redes sociais, é uma forma de ganhar o mundo atual.

É o caso de grandes portais na internet, conteúdo online, blogs, revistas online, TV por assinatura, redes sociais, youtubers, entre outros.

jornalismo símbolo
A pena é o símbolo do jornalismo.

Jornalista que é jornalista entra de cabeça na profissão e passa a se dedicar todos os dias, inteiramente, a profissão.

Mas fique tranquilo, isso não quer dizer que você tenha que deixar de ter uma vida social. Não mesmo.

Quer dizer que ele sempre deve estar atento aos fatos, sobre o que acontece ao seu redor, sobre as novidades e sobre a sociedade. É a responsabilidade de  obter informação verídica, com liberdade, autoridade e com a qualidade de defender seus direitos.

Antenas ligadas, meus jovens.

Qual é o salário médio do jornalista?

O salário de um jornalista irá depender muito de cada região do País, sendo em cada estado, estipulado um valor.

Mas falando em sua totalidade, acredita-se que o ganho inicial mensal de um profissional equivale de 900 a 2,5 mil reais.

Em um segundo momento, quando o nome desses profissionais começam a se tornar conhecidos no mercado, o valor pode chegar a media de 4 a 7 mil reais.

E quando se chega ao auge, dependendo da sua trajetória profissional, este valor pode ultrapassar a faixa de 15 a 25 mil reais.  

Como dito acima, esses valores dependem de uma série de fatores importantes, desde a evolução deste profissional, como em qual posto ele ocupa, em quais empresas e áreas irá trabalhar e sobre o seu reconhecimento no mercado.

Se tratando do setor público que conta com Universidades, Órgãos de Pesquisas, Prefeituras entre outros; o salário, em media, é de 3.300 reais por mês.

Desta forma, é necessário entrar de cabeça no mercado e verificar o que vale mais a pena pra você.

Jornalista, uma figura pública?

A questão é que um jornalista sempre será publico, até porque quando não aparece nas câmeras, ele está por traz delas, assinando os conteúdos que são publicados em seu nome.

Por isso, nessas horas, é necessário ter ética e escrever apenas aquilo que tem como conhecimento e que tenha substancia verídico. Porque, ambas as relações profissional e pessoal se misturam e sua credibilidade que está em jogo.

Noticia sempre será noticia, jornalismo sempre será jornalismo, conteúdo gera conteúdo e assim o mundo segue adiante.

Ou seja, precisamos demais de vocês, futuros jornalistas.

Então, acredite na profissão e vamos compartilhar informação por ai.

Se ainda ficou alguma dúvida sobre o curso e sobre a profissão, deixe o seu comentário!       

You might also like

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.