adiantamento fies

Aditamento FIES: O que é? Como fazer? Como funciona?

Uma das formas de conseguir o acesso ao ensino superior é utilizando financiamentos para o pagamento das mensalidades. O problema que muitos estudantes encontram é que algumas dessas taxas de juros são elevadas e as condições, dificultadas. Para resolver esse problema foi criado o FIES. Mas você sabe o que é e como fazer o aditamento FIES? Veja a seguir e faça da maneira correta.

O que é?

O FIES é um fundo de financiamento estudantil para universitários que se encaixem nas regras pré-estabelecidas. É um programa importante de acesso à universidade porque conta com as taxas de juros mais baixa do mercado, além de ter um prazo mais longo para o pagamento do que todos os outros financiamentos.

Esse financiamento, entretanto, não é feito de maneira definitiva. Se um estudante está em uma faculdade de 10 semestres, o contrato de financiamento é feito semestre a semestre. Isso porque o candidato pode desistir do curso – e, de outro modo, a instituição continuaria a receber dinheiro por um aluno fantasma – ou pode ter a sua renda aumentada, deixando de se encaixar nas condições de financiamento.

Por isso, a renovação desse contrato é feita semestre a semestre. A cada semestre, inclusive, a renovação segue regras específicas do Governo Federal, que pode aumentar ou diminuir o número de vagas oferecidas de acordo com a necessidade. A essa renovação semestral é dada o nome de aditamento.

O aditamento FIES, portanto, nada mais é do que a renovação do contrato de financiamento da mensalidade da faculdade de modo a garantir a conclusão dos estudos como desejado e planejado.

Como fazer o adiantamento do FIES?

Para fazer o aditamento FIES tudo começa com uma visita ao site do programa. Como se trata de uma renovação, você já terá login e senha para acessar o sistema. O aditamento tem um período determinado para ser realizado, que corresponde a algumas semanas antes do início das aulas.

Ao entrar no sistema, você terá de avaliar as informações referentes ao valor acumulado pelo financiamento, como duração regular, total de semestres concluídos e valor da mensalidade. Se tudo estiver correto, você deverá passar para a próxima etapa.

Nela, você deve conferir e atualizar os dados cadastrais. Além de informações como número de celular e e-mail, você também pode atualizar informações como a porcentagem a ser financiada. Após isso basta confirmar o aditamento.

Caso seja um processo do tipo simplificado, você precisará ir à comissão existente na instituição de ensino e pegar a Declaração de Regularidade de Matrícula (DRM), que deve ser assinada por um responsável da comissão.

No caso de um processo não-simplificado é preciso levar a DRM ao agente financeiro, como o banco, e esperar a regularização do aditamento. Feito isso, o termo aditivo deve ser levado à comissão para que seja dada baixa e você possa continuar estudando.

O aditamento FIES é uma etapa importante para qualquer estudante que utilize o financiamento como forma de bancar seus estudos. Isso porque ele consiste justamente na renovação do contrato e, portanto, fazer essa etapa da maneira correta evita dores de cabeça no futuro.

Por hoje é isso pessoal! Se você ainda ficou com alguma dúvida, deixe o seu comentário! Vamos responder o quanto antes! Até a próxima!

You might also like

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.