Categoria: ENEM

Ano de vestibular é sempre quando os estudantes tem mais pressão a cerca do seu futuro, precisam decidir que faculdade desejam fazer, qual profissão irão seguir para o resto da vida, precisam além de estudar para passar na escola, estudar também para o Enem, que é uma das principais maneiras de se entrar em uma faculdade hoje em dia, além de tantas outras situações que eles passam. Porém para ajudar os alunos a não sofrerem tanto nesse período foi desenvolvido o Redação Total Enem, um curso online que ajuda a estudar para a prova e a se sair bem na redação.

Com esse curso é possível ter as melhores notas na redação, sem precisar ficar desesperado, ou ansioso com a prova. Para saber mais veja esse artigo que explica como funciona o guia Redação Total Enem!

Onde comprar

O curso Redação Total Enem é um guia prático e simples que você pode adquirir online pelo site oficial. Assim que você compra o curso, você recebe um email de confirmação e assim que o pagamento for confirmado você recebe todo o material no seu email, de maneira rápida e segura. Você pode comprar e dividir no cartão de crédito, o pagamento é confirmado na hora e você já recebe o curso. Ou você pode compra com boleto bancário, a escolha é sua e você escolhe o que é melhor. Então não perca essa oportunidade de se dar bem no Enem, clique na imagem abaixo e garanta agora mesmo o seu curso online.

Como funciona o Redação Total Enem?

Se você quer tentar uma vaga em uma Universidade Pública, ou pelo menos uma bolsa para ajudar nos seus estudos, você irá precisar de fazer o Exame Nacional do Ensino Médio, ENEM. Ele é aplicado anualmente desde 1999, porém desde 2009 ele é utilizado como forma de ingresso nas Universidades públicas brasileiras, e também como processo seletivo para conseguir bolsas como Prouni, ou até mesmo um financiamento estudantil como o Fies.

Algumas faculdades particulares também possibilitam que os alunos usem o Enem para poder ingressar e assim dispensam a prova tradicional de vestibular. E é exatamente por isso que é preciso que os alunos estejam preparados para se saírem bem nessa prova. E a redação é a responsável por ajudar os alunos a se darem bem, desde que eles façam ela do jeito certo.

Muitos alunos têm medo da redação do Enem, uma vez que ela tem papel fundamental para que ele consiga uma boa pontuação e assim conseguir uma vaga no Ensino Superior.

E pensando nisso foi desenvolvido o curso de Redação Total Enem, que consiste em vídeo aulas que vão te ensinar dicas e macetes para escrever o texto argumentativo dissertativo, além de falar sobre as provas anteriores, como o tema é escolhido e as possibilidades de temas para a prova desse ano.

Com o guia Redação Total Enem, você irá ter acesso a provas anteriores e ver os pontos mais fortes das melhores redações, onde as pessoas erram mais, como conseguir organizar as suas ideias e colocá-las no papel de maneira fácil e válida, e muito mais.

Então se você quer ter uma boa nota no Enem, garantir uma vaga na faculdade, compre esse curso com o melhor preço e se destaque!

Quem é Débora Marasca?

A Débora Marasca é professora de Português e redação para alunos do ensino fundamental e médio e criou o método Redação Total Enem baseada em seus alunos e nas suas dificuldades em relação a prova e mais especificamente a redação. E como ela viu que o método que ela criou estava dando certo resolveu compartilhá-lo com mais pessoas, e assim surgiu o curso online e em vídeo que já ajudou muitas pessoas a se saírem bem no Enem e ter excelentes notas na redação.

Você não vai perder essa grande oportunidade, não é mesmo?

É seguro comprar esse curso?

Sim, é totalmente seguro, pois você além de todos os benefícios que ele têm, ainda vai ter a segurança de 30 dias de garantia. Ou seja, se durante um mês você ver que esse curso não é o que você esperava, você pode pedir o seu investimento de volta sem problemas. Mas isso só acontece porque a Débora sabe que o curso realmente funciona e ajuda as pessoas de verdade. Então seja mais um a se dar bem com o Redação Total Enem. Aproveite a garantia estendida de 30 dias e compre agora mesmo.

Read Full Article

No início de Março o MEC (Ministério da Educação) confirmou a data de publicação do edital do ENEM 2017, além de divulgar o período de inscrição, os dias da aplicação das provas e da divulgação dos resultados, como falaremos nesse artigo a seguir.

O resultado da sua prova do ENEM 2017 é importante se você quiser dar entrada no Prouni (Programa Universidade Para Todos) para estudar com bolsa ou no FIES (Programa de Financiamento Estudantil) para conseguir financiar os custos da faculdade e pagar depois de formado.

Veja a seguir tudo que você precisa saber para se preparar para o ENEM 2017.

Data do ENEM 2017

Antes, as provas do ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio) eram aplicadas em um único final de semana, com uma parte do exame no sábado e outra no domingo, mas a partir de 2017, a aplicação das provas acontecerá em dois domingos seguidos.

A data do ENEM 2017 foi definida para os dois primeiros domingos do mês de novembro, ou seja, nos dias 05 e 12 de novembro de 2017.

No dia 05, serão aplicadas as provas de Linguagens, Ciências Humanas e a redação do Enem 2017. No segundo domingo, dia 12, será a vez de fazer as provas de Matemática e Ciências da Natureza.

O tempo de duração das provas do primeiro dia será de 05h30min e o do segundo dia será de 04h30min.

Data das inscrições do ENEM 2017

As inscrições do ENEM 2017 acontecerão no mês de maio, com duração de duas semanas. Assim, você terá do dia 08 de maio até o dia 19 de maio para se inscrever. As inscrições são feitas exclusivamente via internet, na página do participante, disponível no endereço http://enem.inep.gov.br/participante do portal do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), que é a instituição responsável por organizar as provas.

No ato da inscrição, o candidato precisa ter em mãos os seus documentos pessoais (RG e CPF), além de informar um endereço de e-mail e telefone pessoais atualizados, além de informar alguns dados referentes à escolaridade e ao grupo familiar.

O candidato também deverá criar uma senha pessoal, que será utilizada em todos os acessos aos sites do MEC, incluindo os portais do Sisu, ProUni e Fies.

Taxa de inscrição do ENEM 2017

O valor da taxa de inscrição do Enem 2017 ainda não foi definido pelo MEC e Inep. A taxa de inscrição do ENEM 2016 foi de R$ 68,00 e a expectativa é de que a taxa de inscrição do ENEM 2017 não ultrapasse os R$ 75,00.

A partir deste ano, serão isentos do pagamento os estudantes que tiverem cadastro no CadÚnico, um programa do Governo Federal que aborda famílias com rendimento mensal de até meio salário mínimo por pessoa, ou de até três salários mínimos mensais de renda total da família.

Estudantes que estão concluindo o ensino médio em escolas da rede pública também receberão isenção automática do pagamento.

Para saber o valor da taxa de inscrição do ENEM 2017, fique atento ao site do MEC em https://portal.mec.gov.br/ à partir do dia 10 de abril, quando o edital será lançado.

enem 2017

Provas do ENEM 2017

Esse ano as provas do ENEM não acontecerão mais em um único final de semana, como aconteceu nas edições anteriores. As provas do ENEM 2017 acontecerão em dois domingos seguidos, e a próxima edição acontecerá nos dias 05 e 12 de novembro.

No dia 05 de novembro os estudantes farão as provas de Linguagens, Ciências Humanas e a redação do Enem 2017, com tempo de duração de 05h30min. No segundo domingo, dia 12, os estudantes terão 04h30min para fazer as provas de Matemática e Ciências da Natureza.

Conteúdo das Provas

O edital do ENEM 2017 será divulgado apenas no dia 10 de abril, e para você saber o conteúdo das provas do ENEM 2017 e outras informações como a data de inscrição, o valor da taxa de inscrição e todos as regras, você deverá acessar o site do MEC em https://portal.mec.gov.br/

Redação ENEM 2017: O que pode cair?

A redação é a prova com maior peso, e você precisará fazer uma dissertação sobre o tema solicitado na redação do ENEM 2017, que pode ser sobre notícias políticas, desenvolvimento, problemas sociais, questões ambientais e outras notícias sobre o mundo contemporâneo.

Para participar do FIES ou do Prouni você não pode zerar na prova de redação.

Read Full Article

O ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio) é realizado pelo MEC (Ministério da educação) e existe desde 1998, quando foi criado a fim de testar o conhecimento dos estudantes que concluíam o ensino médio. Com o passar dos anos e com o crescimento do número dos participantes do Enem, o exame deixou de ser apenas para auto-avaliação e passou a ser a forma de ingresso na maioria das faculdades federais e estudais do país, contando ainda como uma forma de ingressar também em uma faculdade privada com bolsa parcial ou total, para alunos carentes.

Atualmente o Enem é o exame mais temido por todos os estudantes, pois é através dele que os vestibulandos podem concorrer a uma vaga no SISU, ProUni ou FIES. O ENEM é uma prova com 180 questões objetivas divididas entre 4 áreas do conhecimento que são:

  • Ciências Humanas e suas tecnologias;
  • Ciências da Natureza e suas tecnologias;
  • Linguagens, Códigos e suas tecnologias;
  • Matemática e suas tecnologias.

O Enem ainda conta com uma redação, que vale 1000 pontos, e é o de mais peso na prova. O Enem conta com matérias de todas as disciplinas, neste artigo falaremos um pouco das matérias mais cobradas em cada disciplina de acordo com o aplicativo do Enem GEEKIE GAMES.

Matemática é a mais cobrado no Enem?

Matemática é uma das disciplinas mais cobradas no Enem. Com questões de nível fácil, médio e difícil, o Enem cobra muitas questões de raciocínio lógico, a fim de testar os conhecimentos de cada indivíduo. Veja a seguir as 5 (cinco) matérias de matemática que mais caem no Enem:

  • Grandezas Proporcionais;
  • Geometria Espacial;
  • Aritmética;
  • Funções;
  • Estatística.

Temas mais cobrados do Enem: Física, Biologia e Química

Física

Outra matéria existente no Enem é a física, na qual o vestibulando deve ficar atento para aprender (e até mesmo decorar) algumas fórmulas, pois geralmente, atreladas as atualidades, a prova de física cobra muito o uso das fórmulas. Veja a seguir as 5 (cinco) matérias quem mais caem no Enem na parte da física:

  • Mecânica;
  • Eletricidade e energia;
  • Ondulatória;
  • Termodinâmica;
  • Óptica.

Biologia

Em biologia o medo dos alunos é a famosa genética, que é algo um pouco mais complexo, porém não é o assunto mais cobrado, pois sem dúvidas, esse privilégio é da ecologia, que faz parte de quase 50% da prova. O top 5 (cinco) das matérias muito cobradas em biologia são:

  • Ecologia;
  • Citologia;
  • Fisiologia;
  • Microbiologia
  • Genética

Química

Outra matéria de exatas muito cobrada é a química, principalmente a química orgânica que vem caindo em todas as edições dos últimos anos. Veja a seguir o top 5 de química, ainda de acordo com o aplicativo do Enem Geekie Games:

  • Meio ambiente;
  • Estequiometria;
  • Equilíbrios químicos;
  • Química orgânica;
  • Eletroquímica;

Outros temas cobrados no Enem

Português

Chegamos a área de humanas, em português o Enem não cobra muito as famosas regras que decoramos no período de escola, ele prefere priorizar a interpretação do aluno, para garantir que um bom aluno garanta a vaga, não apenas um decorador. A seguir as 5 (cinco) matérias mais cobradas de português no Enem:

  • Interpretação de texto;
  • Literatura;
  • Gêneros Textuais;
  • Linguítica;
  • Gramática.

História

O Enem gosta muito da parte de história. Principalmente para fazer o famoso joguinho de combater o passado com o futuro. Incrivelmente os elaboradores da prova utilizam de algo ocorrido no passado para falar de alguma atualidade, por isso os alunos que estão por dentro das atualidades possuem maior chance de se dar bem. Veja a seguir os assuntos mais cobrados no Enem:

  • Brasil República;
  • Idade Moderna;
  • Idade Contemporânea;
  • Brasil Império;
  • Historiografia;

Geografia

A geografia também cai bastante no Enem, principalmente o cotidiano, por isso meio ambiente, urbanização e poluição tem sempre grandes chances de cair. O top 5 (cinco) de geografia são :

  • Estrutura Fundiária;
  • Meio Ambiente e paisagens;
  • Urbanização e poluição;
  • Geologia;
  • Geopolítica

Sociologia/Filosofia

Muitas vezes associadas a história, sociologia e filosofia caem muito no Enem, principalmente com os temas:

  • Movimentos socioculturais;
  • Cultura;
  • Trabalho;
  • Ética;
  • Teoria do conhecimento.

Língua Estrangeira

Nas modalidades de inglês e espanhol a interpretação de texto que é mais cobrada no Enem.

Agora após essa estatística do Geekie Games você já pode se focar em seus estudos para o próximo Enem, e boa sorte!

Read Full Article

Muitas pessoas sonham em entrar no ensino superior, buscando melhorias na sua formação com o objetivo de ganhar mais e de terem uma carreira bem-sucedida. Para passar nos vestibulares das universidades públicas e privadas é possível se utilizar a nota do ENEM. Existem muitas ferramentas que podem ajudar os candidatos a se prepararem melhor para este exame e conseguirem a realização deste sonho.

Veja, neste artigo, o que é e como fazer um simulado para se preparar para o ENEM e como tirar uma nota excelente para seu ingresso na universidade.

O que é e como fazer um simulado para o ENEM?

Criado em 1998, pelo Ministério da Educação, o ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio) surgiu com o objetivo de avaliar os alunos do ensino médio no Brasil, ajudando a verificar falhas na estrutura educacional e no desenvolvimento de projetos para esta área.

O ENEM, atualmente, é usado como critério para ajudar na seleção dos estudantes que desejam concorrer às vagas em universidades públicas e privadas, contando com cerca de mais de 500 instituições que já utilizam este exame como forma de seleção para o ingresso no ensino superior.

Existem diversas formas de se preparar para este exame e, juntamente com os estudos, é possível se fazer simulados que ajudem na identificação de pontos em que o candidato precisa se esforçar mais para aprender e também para reforçar os conhecimentos que já foram adquiridos.

O modelo de prova do ENEM, entre 1998 e 2008, era formado por 63 questões aplicadas em apenas um dia de prova e, naquele momento, eram poucas as universidades que consideravam esta nota para o ingresso do aluno. A partir de 2009, no entanto, foi lançado um novo modelo de prova para o ENEM que conta com 180 questões objetivas em diversos temas e mais uma redação.

Veja, a seguir, algumas dicas de como funcionam os simulados e de como aproveitar esta ferramenta para seu estudo:

Faça um cronograma de estudos para os simulados:

A ideia do simulado do ENEM é ajudar o candidato a se preparar para o dia das provas. Mantenha um calendário de todos os simulados que serão realizados e encaixe no seu plano de estudos. A prova do ENEM engloba todas as matérias do ensino médio, portanto, de três anos.
Isto significa que seu planejamento deve ser adequado para não lhe sobrecarregar e também ajudar a se preparar de forma correta. A prova engloba questões de Ciências Humanas e suas Tecnologias, Física, Química, Biologia, Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, Matemática e suas Tecnologias;

Faça o simulado nas mesmas condições da prova:

A ideia do simulado é ajudar na preparação técnica do candidato, mas também ajudar na preparação emocional e psicológica. Muitas pessoas estudam bastante para o ENEM, estão bem preparadas em termos técnicos, mas, no momento da prova, acabam perdendo a concentração por se sentirem pressionadas ou nervosas.
Quanto mais simulados você fizer, mas você irá se familiarizar com os tipos de questões e também com o ritmo da prova que demandará bastante atenção. Por conter muitas questões, é fundamental que o aluno fique bem preparado para o esforço físico e mental que será feito no dia da prova.

Você ainda tem alguma dúvida sobre os simulados? Deixe o seu comentário e te responderemos o quanto antes!

Read Full Article

A preparação para a prova do ENEM começa nos estudos, mas passa por diversas outras etapas como o planejamento para o dia da prova, a identificação do local para realização da mesma, além de muitos outros detalhes que podem fazer grande diferença para o candidato.

Veja, neste artigo, como se preparar para o dia e para o local de prova do ENEM.

Como se preparar para chegar ao local de prova do ENEM?

O Exame Nacional do Ensino Médio, ENEM, é uma forma de avaliação desenvolvida pelo Ministério da Educação, inicialmente, com o objetivo de melhorar a qualidade do ensino médio no Brasil e hoje a nota final do ENEM pode ser usada para ajudar a conquistar vagas em diversas universidades públicas e privadas no país.

Além de toda a preparação que o candidato deve ter nos estudos, para se sair bem no ENEM é importante também se fazer o adequado planejamento para o dia da prova, preparando-se com os materiais e as informações adequadas para conseguir chegar ao local e também fazer a prova tranquilamente.

Veja, a seguir, algumas dicas para se preparar no dia da prova e para o local de prova do ENEM:

Verifique o seu local de prova:

Antes de mais nada, você precisa estar atento a todas as informações referentes ao local de prova, sabendo exatamente como chegar, a que horas os portões são abertos, qual o horário de início da prova, tempo de tolerância para entrada na sala, entre outras informações.

Para saber qual o seu local de prova, acesse o site do INEP (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas – www.enem.inep.gov.br), entre no portal do participante, digitando seu número de CPF e senha. O cartão de confirmação da inscrição contém todas as informações importantes para o candidato.

Prepare-se para chegar ao local:

É sempre importante se planejar para estar no local no horário correto. Avalie questões como o trânsito, se há linhas de ônibus disponíveis e em que horários, e como chegar corretamente. Se possível, faça uma visita ao local da prova alguns dias antes para ter certeza sobre o trajeto e para estar totalmente preparado para chegar no horário.

Normalmente, a prova se inicia às 13h e os portões são abertos às 12h. Esteja lá assim que os portões abrirem, isto irá lhe ajudar a se manter concentrado e calmo para a prova.

Separe todos os materiais necessários:

Esteja preparado com todos os materiais para a prova, leve um documento de identificação válido, podendo ser a carteira de identidade, carteira de habilitação, sendo somente aceitos os documentos originais e com foto. Leve caneta preta de material transparente e o seu cartão de confirmação de inscrição.

Verifique os dados da prova:

Quando receber sua prova no local, primeiro verifique se os dados que estão na capa da prova são iguais aos seus dados pessoais no cartão de confirmação. Também verifique se todas as questões estão completas e se todas as páginas da prova estão presentes.

Faça a verificação em todos os itens, incluindo o Caderno de Questões, o Cartão-Resposta, a Folha de Redação e a Lista de Presença.

Read Full Article

Para aqueles que desejam ingressar numa universidade pública ou privada e que querem conquistar uma carreira de sucesso, o ENEM pode ser uma ótima maneira de aumentar suas chances. Mas, para tanto, você precisa se preparar de forma adequada para conseguir boas notas na prova.

Veja, neste artigo, como se dar bem na redação do ENEM e melhorar suas perspectivas de entrar para uma universidade.

Como se dar bem na redação do ENEM?

O ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio) foi criado em 1998 com o objetivo de melhorar a qualidade do ensino médio no Brasil. Atualmente, a nota desta prova pode ser usada para auxiliar na seleção dos novos alunos para os cursos superiores de diversas faculdades e universidades públicas e privadas.
Uma das partes mais importantes da prova do ENEM é a redação que pode ajudar bastante na composição da nota final. Veja, a seguir, algumas dicas para se dar bem na redação do ENEM:

Leia toda a prova antes de iniciar a redação:

A primeira coisa que deve ser feita pelo candidato é a leitura cuidadosa de todos os itens da prova de redação, ajudando no entendimento do tema, verificando-se as possibilidades de argumentos e teses que serão construídos a partir do assunto definido e também ajudando na busca por outras informações que possam vir a contribuir com a dissertação.

Monte um rascunho inicial:

Para ajudar na montagem final da redação, faça primeiro um rascunho sobre o tema. A construção do rascunho deve ser feita já com a linha de pensamento que o candidato irá utilizar para defender seu ponto de vista. Defina os argumentos e o tipo de abordagem que será feita para apresentar sua tese, separando as ideias principais dentro do rascunho. Este não é o momento de se preocupar com gramática ou com edição, apenas escreva suas ideias.
A estrutura básica de uma dissertação deve seguir o seguinte:

Introdução – faça uma apresentação do tema de forma sucinta e breve, deixando claro qual será a tese defendida ao longo do texto.
Desenvolvimento – nesta etapa você irá juntar os argumentos e ideias que dão base para a sua tese apresentada anteriormente, sempre mantendo uma linha de raciocínio dentro do tema da redação. Procure escrever o suficiente para apresentar seu ponto de vista, sem exagerar.
Conclusão – esta parte da redação deve juntar o que foi inicialmente apresentado na introdução com os principais argumentos, acrescentando-se alguma informação que seja relevante, se for o caso. O final da redação deve deixar claro qual é a solução proposta para o problema.

Faça a revisão e a edição do texto:

Agora, você deverá ficar atento a toda a estrutura da redação, focando na correção gramatical, na organização do texto para que tenha objetividade e coerência com o tema. Sempre procure retirar palavras que você tenha alguma dúvida na grafia e frases que pareçam soltas e sem sentido. Deixe o texto o mais claro possível.
Por fim, passe o texto a limpo, sempre respeitando as regras quanto ao tamanho e ao local onde deverá ser escrita a redação.
úvidas. Até mais.

Read Full Article

Se você está se preparando para fazer a prova do ENEM no ano de 2016, provavelmente deve estar ansioso para saber o que o edital da prova tem a dizer. A boa notícia é que o MEC já divulgou  o edital da prova e nós vamos te contar a seguir tudo sobre a prova. Continue lendo para saber mais!

Inscrições ENEM 2016

No ano de 2016 será realizada apenas uma edição da prova do ENEM, e isso significa que você terá apenas uma chance para fazer a prova, se sair bem nela e ainda garantir aquela vaga no curso que você tanto sonha. Por isso, é preciso ficar atento as datas e anotar na sua agenda (que tal colocar também um alarme no seu celular?) todos os dias importantes em relação a prova.

A primeira data que você deve se atentar é sobre o período de inscrição, que neste ano vai do dia 9 a 20 de maio. As inscrições são feitas no site http://enem.inep.gov.br/.

Taxa de inscrição ENEM 2016

A taxa de inscrição para a prova do ENEM no ano de 2016 é de 68 reais.

Data do ENEM 2016

Além do período de inscrição, você também não pode se esquecer da data da prova. Nada de marcar de sair com os amigos no dia que antecede esse exame que pode determinar o seu futuro profissional, hein? Anote aí: Em 2016 as provas do ENEM serão aplicadas no dia 5 e 6 de novembro, um sábado e um domingo.

ENEM 2016: O que estudar? Quais assuntos podem cair na redação?

Se você já está estudando para fazer a prova do ENEM já deve saber que o mais importante é saber interpretar as questões que costumam ser muito longas na prova. Porém, não deixe de estudar a parte técnica, sobretudo nas matérias da prova de exatas, como física, química e biologia.

Quanto a redação, os professores estão apostando em temas como:

  • A imigração para os países europeus
  • Violência religiosa
  • Crise política
  • Crise econômica
  • Legado da Copa do Mundo e das Olimpíadas
  • Epidemias e saúde (dengue, zika, H1N1)
  • Direito infantil
  • Redução da maioridade penal, dentre outros…

Para acessar o edital completo, clique no link a seguir: http://bit.ly/edital-enem-2016

Read Full Article

O SISU é um sistema bem completo para o acesso a vagas de universidades públicas em todo o país. O que acontece, ente tanto, é que não é raro que um candidato seja chamado e não realize a inscrição por diversos motivos. Sem a preparação, essa vaga ficaria desocupada, diminuindo o quadro de estudantes nas instituições. Justamente para corrigir esse problema é que existe a lista de espera do SISU, criada para preencher essas vagas que surgem após o período de inscrição. Por isso, continue lendo e veja quais são as principais características dessa lista.

O que é?

A lista de espera do SISU é onde ficam todos os candidatos esperando por uma vaga na qual possam se candidatar no curso escolhido. A lista de espera é um local intermediário, em que o estudante não tem qualquer garantia de ser matriculado, mas que pode ser chamado a qualquer momento.

Assim, é como se essa lista fosse uma subclassificação da classificação principal e é uma oportunidade a mais para quem não passou de primeira.

Como funciona?

De maneira geral, o funcionamento da lista de espera do SISU baseia-se na classificação como um todo. Imagine que um curso disponibiliza 80 vagas. Os candidatos com as 80 notas mais altas que pleiteiam uma vaga nesse curso estão na lista de classificação convencional.

Da 81ª em diante, todos estão na lista de espera. Assim, para o 81° ser chamado é preciso que um classificado desista ou não realize a matrícula. Já para o 90°, é preciso de 10 desistências. Quanto mais abaixo da lista de espera o candidato estiver, menores são as chances de que ele seja chamado, considerando que por maior que seja o número de desistência de matrícula, sempre há quem queira fazer o curso.

Quanto às chamadas, a lista de espera chama os novos classificados após as inscrições dos chamados na lista regular. Se alguém perder o prazo, escolher não fazer a matrícula ou não fornecer a documentação correta, perde a vaga e as pessoas da lista de espera vão sendo chamadas de acordo com a disponibildiade.

É possível ser chamado e ficar na lista de espera ao mesmo tempo?

Quando um candidato se cadastra no SISU ele precisa escolher duas opções de curso: a primeira é considerada a preferencial e a segunda é utilizada caso a primeira não esteja disponível.

Assim, pode acontecer de um candidato ficar na lista de espera do SISU para a primeira opção e ser classificado para a segunda opção. Nesses casos, a matrícula na segunda opção não é obrigatória e o candidato pode escolher permanecer na lista de espera da primeira opção.

Caso isso aconteça, entretanto, o candidato perderá o direito à sua segunda vaga, já que deixará de fazer a inscrição. Como alternativa, é possível fazer a matrícula na segunda opção e esperar pela chamada da primeira opção. Nesse caso, bastaria trancar a matrícula do curso não desejado para se inscrever naquele que é a primeira opção.

A lista de espera do SISU serve para deixar de reserva candidatos que não foram aprovados na chamada regular, mas que poderão preencher vagas que surgirão após desistência ou não realização de inscrição por parte dos classificados previamente.

Por hoje é isso pessoal! Se você ainda ficou com alguma dúvida, deixe o seu comentário! Vamos responder o quanto antes! Até a próxima!

Read Full Article

Além das provas de múltiplas escolhas em diferentes competências, o ENEM conta também com a prova de redação, cujo tema é diferente a cada ano. Como os candidatos não conhecem o tema de maneira antecipada, é preciso conhecer quais as possibilidades que podem surgir exigindo uma dissertação. Assim, entenda a seguir um pouco mais sobre os temas de redação do ENEM.

Como os temas são escolhidos?

Os temas de redação do ENEM são escolhidos baseando-se em questões atuais e de interesse da sociedade. Comumente, esses problemas também estão relacionados a uma solução prática e sistemática, que deve sempre ser sugerida durante a redação.

Os temas não são escolhidos de maneira aleatória, mas os  candidatos só conhecem o tema na hora da prova. Assim, o tema da redação serve não apenas como uma forma de identificar se o candidato sabe se expressar, mas também se ele sabe se expressar sobre qualquer assunto que seja trazido à tona.

Como é apresentado o tema do Enem?

A apresentação dos temas de redação do ENEM sempre segue o padrão, em que eles apresentam uma frase curta como o tema e também textos de apoio como referencial teórico para o candidato.

Os textos de apoio servem tão somente para que o candidato saiba do que se trata o assunto ou possa se aprofundar um pouco mais sobre o tema. Com isso, o candidato não está totalmente desassistido no desenvolvimento, já que recebe orientações de quais caminhos seguir.

Quais os temas mais comuns?

Como os interesses da sociedade mudam de maneira contínua é natural que não exista, necessariamente, um padrão de temas. Enquanto em um ano o tema pode ser sobre o desmatamento, como aconteceu em 2009, em outros anos podem ser sobre a Lei Seca, como em 2014, ou sobre a persistência da violência contra a mulher na sociedade, como em 2015.

Em geral são assuntos amplamente discutidos na mídia, nas escolas e mesmo durante o cotidiano. A intenção não é utilizar um tema muito elaborado, profundo ou complexo, mas, sim, justamente o contrário: um tema de amplo conhecimento em que cada candidato possa expor seus argumentos.

Quais os temas têm maiores chances de aparecer nos próximos anos?

Embora seja difícil prever, é bastante provável que nos próximos anos o ENEM continue a se aprofundar cada vez mais na temática de direitos humanos e fundamentais do ser humano.

Problemas internacionais, como a imigração para a Europa devido aos conflitos sírios e a crescente ameaça terrorista, também são opções principalmente para a próxima edição.

No geral, para o candidato ter mais chances de acertar os temas é preciso se manter atento ao que está acontecendo no Brasil e no mundo e quais são as demandas da sociedade em geral. Ao compreender isso, é possível deter um leque de opções segmentadas e que possuem mais chances de aparecer como temas de redação do Enem.

Os temas de redação do ENEM são fortemente pautados em problemas encarados pela sociedade, brasileira ou mundial, e que precisam ser discutidos com quem deseja ser o futuro do país. Assim, as questões tendem a ser muito mais contemporâneas e relevantes do que temas muito específicos e complexos.

 

Read Full Article

O ENEM é a prova mais importante para qualquer pessoa que deseje ingressar em boa parte das universidades públicas. É por meio dessa prova unificada que os candidatos são selecionados e passam a ter direito à matrícula e por isso sua realização é tão necessária. Não sabe como se inscrever no ENEM? Então veja a seguir como fazer e tire suas dúvidas.

Cadastro no site do Inep

Para saber como se inscrever no ENEM a primeira coisa a saber é que o cadastro é realizado no site do próprio Inep. http://ENEM.inep.gov.br/

Lá, o candidato deve acessar a página de inscrição do ano correspondente e preencher todos os dados exigidos. Esses dados incluem nome, endereço, nome da mãe e documentos como CPF e carteira de identidade, além de outras informações. Saber dessa necessidade, inclusive, é indispensável porque menores de idade muitas vezes não possuem esses documentos, sendo necessário tirá-los para realizar a prova.

Além disso, o preenchimento deve ser feito com muito cuidado, porque qualquer erro de digitação ou falha causará incongruências. Na hora que os fiscais forem conferir os seus dados, se algo estiver diferente dos seus documentos você poderá ser impedido de realizar a prova.

Escolhas que devem ser feitas no momento da inscrição no ENEM

Também é na hora de se inscrever no ENEM que você deve fazer algumas escolhas em relação à prova. Uma delas diz respeito à língua estrangeira que será cobrada em sua prova. As opções incluem inglês e espanhol e essa decisão servirá para a avaliação do seu cartão de respostas.

A outra escolha, tão importante quanto, diz respeito ao local de realização da prova. Isso porque pode ser que na data da prova você esteja em um local diferente, por exemplo, e esse planejamento é importante. Apesar disso, você pode escolher apenas a cidade, já que a distribuição entre unidades de ensino onde a prova é aplicada é feita pelo sistema.

Taxa de inscrição no ENEM

De maneira geral, os estudantes estão obrigados a pagar uma taxa de inscrição que normalmente tem valor de R$ 63,00. Esse pagamento deve ser feito dentro do prazo porque, de outra maneira, a inscrição não é confirmada e a prova não pode ser realizada.

Quem estiver concluindo o ensino médio em instituição pública de ensino está automaticamente desobrigado desse pagamento. Também é possível solicitar isenção de pagamento de taxa mediante a comprovação de baixa renda. Se o pedido for aceito, o estudante fica desobrigado e tem sua inscrição automaticamente confirmada.

Acesso ao sistema

Depois de se inscrever no ENEM você terá uma senha para acessar o sistema. Esse acesso poderá ser feito dias antes da prova para imprimir o cartão de confirmação de inscrição e também após a prova.

É por meio do sistema que os alunos podem conferir suas notas e seu desempenho geral na prova e, por isso, é preciso guardar as informações de acesso.

Se você estiver na dúvida de como se inscrever no ENEM saiba que essa inscrição é feita diretamente pelo site do INEP e exige o fornecimento correto de algumas informações pessoais para a identificação da prova. Além disso, é na inscrição que você escolhe a língua estrangeira e o local de prova, mas é importante saber que a inscrição, exceto dos isentos, só é confirmada após o pagamento da taxa de inscrição.

Por hoje é isso pessoal! Se você ainda ficou com alguma dúvida, deixe o seu comentário! Vamos responder o quanto antes! Até a próxima!

Read Full Article