Featured News

Blog

Pode ser que você esteja se formando agora no ensino médio, e por isso ainda esteja um pouco perdido em relação aos próximos passos para serem tomados na sua vida. A primeira coisa que eu quero te falar é que isso é completamente normal nesta fase, principalmente hoje em que o mundo nos dá diversas possibilidades do que escolher para o futuro.

E se você chegou até este artigo é porque provavelmente você está em dúvida sobre ingressar em uma faculdade ou prestar um concurso público. E a primeira coisa que você deve saber é esses são caminhos bem diferentes na carreira!

Falaremos mais sobre as diferenças entre o vestibular e o concurso público e quais as vantagens de cada um nos tópicos a seguir:

Quais as vantagens de fazer o vestibular e ingressar em uma faculdade?

Bom, a grande vantagem de optar por fazer um vestibular é que ele te possibilita ter um diploma universitário, e isso abre muitas portas de trabalho.

Além disso, vivenciar o ambiente universitário é muito prazeroso e você também acaba adquirindo muitas habilidades que servirão não apenas na sua vida profissional, mas também em âmbito pessoal, como por exemplo a convivência com pessoas diferentes, trabalhar o senso de responsabilidade, desenvolver trabalhos em equipe, apresentação em público e muito mais!

Outra questão que pode pesar na sua escolha pelo vestibular é o fato de que talvez você tenha o sonho de seguir uma determinada profissão e isso só é possível através de um curso superior.

Por exemplo, se você tem o sonho de ser médico ou advogado, apenas o diploma universitário pode realizar esse sonho.

Mas é importante lembrar que apenas a universidade não te garante um emprego! Então depois dos anos de vida acadêmica você ainda vai partir para o mercado em busca de um emprego.

Quais as vantagens de prestar um concurso público?

fazer concurso público ou vestibular

Bom, a maior vantagem de um concurso público é a estabilidade que o serviço público oferece e é por isso que muitas pessoas acabam optando por essa carreira. Também não poderíamos deixar de citar os salários oferecidos pelos concursos, que geralmente são bem acima da média.

Outra questão importante sobre os concursos públicos é que ele não exige que você tenha experiência profissional na carreira que você pretende seguir. E alguns concursos sequer exigem que você possua curso superior, já que algumas vagas pedem apenas o ensino médio.

Porém, o grande desafio é alta concorrência, como é o caso do concurso da polícia federal, INSS, Receita Federal entre outros. Como são concursos muito cobiçados pelos brasileiros, principalmente devido aos salários que são bastante atrativos, o número de inscritos geralmente é bem alto para o número de vagas ofertadas.

Mas para algumas pessoas, o concurso público também é um sonho e por isso muitas acabam optando por se dedicar aos estudos para conseguir uma vaga pública.

Mas enfim, qual escolher?

Infelizmente não podemos responder isso por você! É importante que você avalie o que você deseja para o seu futuro e quais são os seus planos a longo prazo, já que essa é uma decisão importante.

Também vale destacar que uma coisa não impede a outra! Você pode fazer as duas coisas e conciliar o trabalho no concurso público com uma faculdade.

Mas o mais importante é que você pense quais são os seus sonhos e qual é a carreira que você deseja seguir.

Read Full Article

O Jovem Aprendiz é aquele jovem que possui idade de 14 a 24 anos e está trabalhando para uma empresa de pequeno, médio ou grande porte. Essa modalidade de trabalho foi criada pelo governo para inserir cada vez mais jovens no mercado de trabalho.Enquanto programas como o quero bolsa ajudam nos estudos, esse programa ajuda esses jovens a trabalharem mais cedo.

A lei do Jovem Aprendiz foi criada em 2000 e regulamentada em 2005 e prevê que toda empresa de médio e grande porte, obrigatoriamente deve ter de 5 a 15% de funcionários dentro da modalidade.

Essa iniciativa foi proposta para que o desemprego diminuísse, já que muitos jovens posteriormente são efetivados como CLTs quando finalizam o contrato de Aprendiz e também para possibilitar o trabalho de quem ainda não tem uma faculdade. Legal, não é?

E o programa vem trazendo grandes resultados positivos para o nosso país, podemos ver pela taxa de jovens inseridos no mercado de trabalho, a qual sofreu um grande acréscimo desde 2005. Tal cenários maravilhoso, faz com que os jovens consigam se estabelecer mais rapidamente em seus empregos.

Se interessou pela oportunidade? Veja agora tudo sobre esse programa e quais são as 5 empresas tops que mais contratam e que melhor são avaliadas. Vamos lá?

1ª Empresa – Correios

A Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT), foi criada em 1663 e no ano de 2013 a empresa fez aniversário de 350 anos. Muito tempo, não é?

Por conta de sua alta expansão, hoje ela cuida de quase 100% da distribuição de encomendas do Brasil que se direcionam a: Carta, Cartão Postal, Correspondência e telegrama. Em 1 ano, ela empregou cerca de 107 mil funcionários.

Para saber mais, acesse: www.correios.com

2ª Empresa –  Pão de Açúcar

De acordo com matéria do site Exame publicada em setembro de 2017, a rede de supermercados foi uma das que mais empregaram funcionários e no caso do Jovem Aprendiz, eles não ficaram pra trás. Somaram cerca de 60 mil funcionários ao todo.

Confira mais em: www.gpabr.com

adolescentes jovem aprendiz

3ª Empresa – Petrobras

A Petrobras é uma empresa administrada pelo governo brasileiro que cuida de toda parte de exploração, produção, refinamento e comércio do petróleo, sendo que atualmente já opera em mais 25 países. Em 2017 ela empregou cerca de 57 mil funcionários.

4ª Empresa –  Sadia

Há 70 anos atrás surge a marca Sadia. Iniciada em um simples moinho de trigo, onde também tinham porcos para comércio, hoje a empresa tornou-se referência nacional na produção e exportação de carnes em geral. Em apenas um ano de trabalho eles já contrataram mais de 57 mil funcionários.

Saiba mais nesse site www.sadia.com.br

5ª Empresa – Casas Bahia

O que iniciou como uma pequena loja na cidade de São Caetano do Sul, hoje torna-se uma das maiores lojas varejistas já fundadas no Brasil. Eles lidam com grande variedade de produtos, como: móveis, eletrônicos, eletroeletrônicos e afins. Em um ano de trabalho conseguiram contratar mais de 51 mil funcionários.

Para saber mais e enviar o curriculo, acesse: www.viavarejo.com.br

Então, o que acharam das oportunidades?

Boa sorte nas entrevistas de trabalho e até logo!

 

Read Full Article

Estudar fora é o sonho de vários estudantes, pois muitas vezes eles veem este estudo como um grande adicional e destaque ao seu currículo, além de conseguir ter um conhecimento mais avançado em sua área. Entre os vários países que são muito procurados pelos estudantes que desejam fazer intercâmbio, o Canadá é um dos principais. E por isso a seguir eu irei falar tudo sobre intercâmbio Canadá.

Se você deseja ir para o Canadá esse artigo é para você, pois a seguir eu irei te falar tudo o que você precisa saber para conseguir fazer intercâmbio no Canadá. Confira!

Escolha o idioma que deseja fazer o intercâmbio

O Canadá é um país que foi colonizado por ingleses e franceses e por isso atualmente neste País existem duas línguas que são oficiais, o inglês e o francês e por isso você deverá escolher em primeiro lugar qual a língua que deseja fazer o seu intercâmbio. Você poderá escolher a que possui maior domínio ou aqui deseja aprender mais e conforme a língua escolhida será possível escolher o melhor lugar para fazer um intercâmbio.

Escolha a cidade que mais combina com você

Ao fazer intercâmbio você irá ficar alguns meses na cidade escolhida, por isso você deverá tomar cuidado para não escolher uma cidade que seja completamente diferente de você, então analise as principais cidades que falam o idioma que você deseja e procure características dela para saber qual melhor se encaixa ao seu perfil.

Escolha o curso

Para ter mais sucesso com o intercâmbio Canadá outra dica é escolher qual o tipo de curso que você deseja fazer sendo que você poderá fazer cursos preparatórios para exames voltados para a língua estrangeira, cursos de idioma tradicional e cursos de negócios.

Tempo do intercâmbio

Agora que você já decidiu quase tudo sobre o intercâmbio Canadá, outra dica importante é escolher qual será a duração do seu intercâmbio sendo que você poderá ficar de 1 mês até 1 ano neste país para aprimorar os seus conhecimentos.

Se você optar por fazer o intercâmbio de apenas um mês você poderá adquirir alguns conhecimentos e aprimorar-me sua pronúncia no idioma escolhido, com o de 3 meses será possível ter uma noção mais aprofundada da língua, já nos cursos de 6 meses será possível ter fluência no idioma. Se você deseja o intercâmbio mais longo o ideal é o de um ano, assim você estará totalmente dentro da cultura do país.

De olho no visto

Você também deverá ficar de olho no visto, ou então não conseguirá fazer um intercâmbio no Canadá. Se o seu intercâmbio é de curta duração, ou seja, de até 6 meses, você poderá usar o visto de turista, mas não poderá trabalhar.

Se o seu curso for de duração maior que 6 meses ou você deseja trabalhar no período em que estiver estudando é necessário tirar o visto de estudantes para não ter nenhum problema.

Ainda ficou com dúvidas sobre o intercâmbio Canadá? Deixe um comentário!

Read Full Article

Se você está passando pela experiência de estudar para determinada prova, seja ela o vestibular, ENEM ou qualquer outra que exija concentração e organização da sua parte, saiba que alguns materiais e utensílios podem te ajudar nesta tarefa. Estamos falando principalmente de itens de organização que podem deixar a sua vida mais organizada, e o melhor, esses itens podem ser encontrados até em uma papelaria online, já que são fáceis de encontrar e simples de usar. Quer saber que itens são esses? Então é só continuar lendo esse artigo para saber mais!

Post it

materiais para estudar

Algumas pessoas são simplesmente fissuradas pelos post its, e colam esses papeizinhos coloridos em todo lugar, seja como um lembrete de alguma tarefa, uma frase inspiradora ou um recado para alguém. Porém, você já parou pra pensar em como eles podem organizar a sua rotina de estudos?

Pois bem, como eles possuem uma cola não danifica outros materiais, como papel, parede, etc, os post its podem ser colados em praticamente todos os lugares.

Portanto a nossa dica é que você os cole diretamente nas apostilas que você usa para estudar, indicando alguma parte que seja importante, ou mesmo para te lembrar que aquela parte é importante e pode cair na prova. Como vai estar sinalizado com um papel colorido vai ser mais fácil de você encontrar novamente aquele conteúdo e pode até fazer anotações nele mesmo para futuras revisões.

Atualmente é possível encontrar uma enorme variedade de post its, de diversas cores, tamanhos e modelos e a nossa dica é usar também das cores para categorizar o conteúdo. Por exemplo, se for um conteúdo importante para a prova de química, você marca com determinada cor. Mas se for algo para outra matéria, você escolhe uma cor diferente da anterior. Você também pode marcar com um post it um conteúdo que você precisa revisar novamente, e por aí vai…

Quadro organizacional

Apesar da foto anterior estar usando um exemplo de post it, você pode fazer um quadro organizacional usando caneta mesmo ou o que for melhor para você. Mas o grande diferencial da ideia anterior é a divisão das tarefas em “a fazer”, “fazendo” e “feito”. Agora você deve estar pensando em como aplicar isso na sua rotina de estudos, certo?

Bom, você pode manter o quadro com as três colunas, separando todo o conteúdo da prova em “a estudar”, “estudando” e “estudado”. Essa é uma forma visual para conseguir compreender quais são os conteúdos que ainda faltam ser vistos e como está sendo a sua evolução.

Tenho certeza que a sensação de ver a coluna “estudado” sendo preenchida vai te dar muita alegria e muito mais motivação em continuar.

resumo estudo colorido

Resumos coloridos

Há quem diga que uma das melhores formas de estudar é fazendo resumos sobre o conteúdo em questão e se você é do tipo que gosta dessa técnica, já pensou em deixar os seus resumos mais divertidos e coloridos?

Como você pode ver no exemplo anterior o objetivo é deixar o estudo muito mais organizado e lúdico, usando canetas de cores diferentes para determinadas informações. Por exemplo, sempre que determinada frase for uma definição você pode escrevê-la de preto. Se for uma fórmula, vale usar a cor vermelha para deixá-la em destaque.

O ideal é que você encontre o que é melhor para você e para a sua forma de estudar, encontrando algo que realmente facilite a sua rotina.

Se esse for um caminho vale comprar canetas de diversas cores e adesivos para deixar os resumos mais bonitos e interessantes.

 

Read Full Article

Se você estudando para o vestibular já deve saber que concentração é fundamental para que você obtenha melhores resultados na hora da prova. E para isso, escolher bem o ambiente onde você vai estudar é o primeiro passo para isso. Pensando nisso, no artigo de hoje vamos te dar algumas dicas para criar um ambiente ideal onde você possa estudar e se preparar para as provas seja do vestibular ou ENEM.

Procure um ambiente silencioso

Parece clichê, mas talvez você ainda esteja cometendo o erro de continuar estudando em um ambiente muito movimentado e com muito barulho. Uma dica, por exemplo, é escolher um cômodo para estudar que seja um pouco mais afastado da rua, ou que não tenha uma janela diretamente virada para regiões muito barulhentas. Isso evita inclusive que você seja incomodado por barulhos externos, como por exemplo, de carros de som automotivos ou até mesmo de pessoas passando na rua.

Além disso, também é importante levar em consideração o movimento que tem dentro da sua casa. Se você morar com muitas pessoas, por exemplo, o ideal é escolher um local que tenha menos passagem de pessoas. Pode ser o seu quarto ou um cômodo mais afastado mesmo.

Dê atenção a iluminação do ambiente

Outra questão que deve ser levada em consideração na hora de escolher um local para você estudar é a iluminação do local, já que o ideal é tenha luz natural. Um ambiente iluminado vai contribuir para aumentar a sua produtividade, já que você se sentirá mais “acordado”. Um ambiente escuro pode acabar causando sonolência e fazendo com que você se sinta preguiçoso e sem disposição para estudar.

O ideal é que tenha iluminação natural porque assim você não fica dependente de lâmpadas e luminárias e com isso acaba economizando energia.

Organize o ambiente

Também não poderíamos deixar de falar da organização do ambiente, que é essencial para que você também consiga organizar a sua rotina para conseguir melhores desempenhos no estudo. Já existem estudos que comprovam que um ambiente bagunçado e desorganizado são capazes de distrair a pessoa que está tentando concentrar.

A nossa dica é que você tenha uma mesa com o mínimo de coisas possível. Deixando apenas o que é essencial para que você possa prosseguir com os seus estudos. Nessas horas também é bom deixar o celular de lado, e o ideal é que ele esteja dentro de uma gaveta, porque em cima da mesa você pode acabar se distraindo com as notificações que aparecem na tela.

Outra dica é já deixar uma garrafinha de água na sua mesa para que você não precise levantar para pegar água e com isso acabar se distraindo no caminho até a cozinha.

Tenha uma rotina

Por fim, para que os seus estudos tenham ainda mais resultados o ideal é que você tenha uma rotina de estudos, com hora para acordar, hora para iniciar os estudos e também reservando um período também para o descanso. É importante também que você reserve alguns minutos também para você se alimentar.

Espero que as dicas tenham te ajudado e que a partir de agora a sua rotina fique mais organizada e que você consiga melhores resultados nos seus estudos!

Read Full Article

Estabelecida no ano de 1971 como Escola Superior de Propaganda e Marketing, a ESPM possui cursos em diversas áreas, tendo como base das suas disciplinas temas como marketing, comunicação e gestão.

Vestibular ESPM

Com três unidades, em São Paulo, Rio de Janeiro e Porto Alegre, a ESPM possui vestibular que é realizado anualmente, geralmente no mês de novembro.

O período de inscrição para o vestibular ESPM compreende os meses de agosto a setembro do ano anterior ao ano letivo que você deseja ingressar na faculdade e as inscrições podem ser realizadas através do site da instituição, www.espm.br .  

As provas são compostas por 80 questões de múltipla escolha, além de redação. A divisão do numero de questões divididas por matérias fica da seguinte forma;

  • Português – 20 questões
  • Matemática – 20 questões
  • Inglês – 10 questões
  • Humanidades e Cultura Geral Contemporânea – 30 questões

Serão eliminados do vestibular da ESPM os alunos que não atingirem o mínimo de 30 pontos nas provas, incluindo a redação.  Não havendo em nenhuma hipótese a revisão das provas nem a discussão dos critérios de correção.

Graduação

Nos seus cursos de graduação a ESPM investe pesado em profissionais que trabalham tanto a teoria como a prática. Segundo lema da escola, a inovação tem o mesmo espaço da tradição, dessa forma a instituição se mantém moderna e com as melhores opções de cursos de graduação.

Cursos da ESPM

A ESPM oferece diversos cursos de graduação nas suas três unidades, os cursos são ofertados da seguinte forma;

  • São Paulo: Cursos de administração, ciências sociais e do consumo, designe, jornalismo, publicidade e propaganda, relações internacionais e tech.
  •  RIO: Cursos de administração, cinema e audiovisual, design, jornalismo e publicidade e propaganda.
  • SUL: Cursos de administração, design, jornalismo, publicidade e propaganda e relações internacionais.

Além dos cursos presenciais, a ESPM ainda possui opções de cursos à distância. Essa é uma forma que a ESPM encontrou de levar o conteúdo completo e a excelência de ensino ESPM a alunos de todo o Brasil.

Para a modalidade a distância a ESPM possui os seguintes cursos;

  • MBA em marketing, gestão de mídias digitais, big data, economia comportamental e gestão estratégica em UX design.
  • Master em gestão da experiência do consumidor, gestão da inovação e inteligência e gestão do varejo.
  • Pós graduação em design digital e comunicação, gestão empresarial e marketing e pós graduação em gestão de projetos.

Dezenas de cursos de atualização nas mais variadas áreas relacionadas as matérias da escola.

Campus ESPM

Pós graduação

Já nos cursos de pós graduação da ESPM, na modalidade presencial, são ofertadas vagas em diversas áreas:

  • MBA Executivo em marketing
  • Internacional
  • marketing e gestão da saúde,
  • real estate
  • marketing estratégico
  • marketing digital
  • marketing de moda
  • liderança e estratégia organizaciona
  • gestão de vendas e relacionamento
  • ciências do consumo aplicada.
  • Master em ciências do consumo aplicadas
  • máster em marketing
  • comunicação digital.
  • Especialização em big data e inteligência de marketing
  • inovação
  • design e estratégia
  • pós graduação em jornalismo digita
  • modelos de negócios na industria
  • negócios internacionais
  • marketing e gestão
  • produção em audiovisual.

Preços

Abaixo você confere os preços das mensalidades dos cursos de graduação da ESPM para a cidade de São Paulo. Quando comparados aos preços das outras unidades da escola, não há muita diferença.

  • Administração – R$ 3.946 mensais
  • Ciências Sociais e do Consumo – R$ 3.023 mensais
  • Cinema e Audiovisual – R$ 2.803 mensais
  • Design – R$ 3.872 mensais
  • Jornalismo – R$ 3.764 mensais
  • Publicidade e Propaganda – R$ 3.985 mensais
  • Relações Internacionais – R$ 3.946 mensais
  • Tech – R$ 3.368 mensais  

A ESPM ainda possui um sistema próprio de bolsas de estudos que concede até 90% de desconto no valor da mensalidade, funcionando da seguinte maneira;

Para alunos vindos de escolas publicas: Primeiro colocado recebe 90% de bolsa, o segundo colocado recebe 80% de bolsa e o terceiro colocado recebe 75% de bolsa. Já para alunos vindos de escolas particulares o primeiro colocado recebe 60% e o segundo 40% de bolsa.

Ainda, a ESPM concede um total de 35 bolsas sociais para alunos de baixa renda, funcionando da seguinte maneira;

Para rendimento familiar de 1 a até 7 salários mínimos – 75% de desconto no valor da matricula e mensalidade do respectivo curso.

Para rendimento familiar de 8 a 15 salários mínimos – 50% de desconto no valor da matricula e mensalidade do respectivo curso.

Read Full Article

Localizado em São José do Campos, o Instituto de Tecnologias Aeroespaciais – ITA, faz parte do Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial, e passar no seu vestibular não é moleza. O vestibular ITA é considerado uns dos mais concorridos do país.

Vestibular ITA Prova

O  processo seletivo para selecionar os alunos que irão ingressar no ITA é dividido em duas etapas, na primeira o aluno passará pelo exame de escolaridade.

O exame de escolaridade é formado por uma prova composta por física, química, inglês, matemática e português.  Esse exame é equiparado ao vestibular no ITA e é elaborado com questões de múltipla escolha, questões dissertativas e redação.

A divisão das matérias, tipos e números de questões ficam assim:

  • Provas de matemática, física e química: 20 questões de múltipla escolha e dez questões dissertativas, por matéria.
  • Prova de Português: 20 questões de múltipla escolha e uma redação.
  • Prova de inglês: Vinte questões de múltipla escolha.

As provas do ITA são divididas em 4 dias diferentes e geralmente elas são separadas em um dia para física, um dia para português e inglês, um dia para matemática e um dia para física, todas com horários que vão das 8:00 as 12:00 horas.

Na segunda etapa do vestibular ITA o aluno passará por uma inspeção de saúde que avaliará as condições de saúde dos candidatos, com exames clínicos, laboratoriais e toxicológicos, definidos pelo comando da aeronáutica.

A inspeção de saúde tem caráter eliminatório e é obrigatório a todos os candidatos que passaram na primeira fase do processo seletivo.

Inscrição

Para realizar a inscrição no vestibular ITA, o aluno deve fazer-lo no ano anterior ao ano em que pretende entrar no instituto. Por exemplo, para os alunos de 2018, a inscrição foi realizada de agosto a setembro de 2017.

Por isso caso esteja pensando em entrar no ITA no ano de 2019, você deve ficar atento ao período de inscrição no ano de 2018, normalmente ele sempre se inicia no mês de agosto.

Vestibular ITA alunos estudado em sala de aula

Vestibular ITA Conteúdo

Com conteúdo de matérias bastante extenso, o instituto disponibiliza aos seus futuros alunos um arquivo com toda a matéria detalhada que irá ser exigida durante o vestibular.

Para ter acesso ao conteúdo completo que é exigido no vestibular ITA é fácil, basta você acessar o site www.vestibular.ita.br e clicar no link “Programa de Matérias” localizado no menu superior do site.

Será exibido um arquivo PDF com o programa do exame de escolaridade para ingresso no Instituto Tecnológico de Aeronáutica – ITA, referente ao ano vigente do vestibular.  

Cursos

Para aqueles que pretendem ingressar em um curso de engenharia no ITA, o instituto possui 6 modalidades desse curso. Para o vestibular 2018 possui vagas para:

  • Engenharia Aeroespacial  – 18 vagas
  • Engenharia Aeronáutica – 18 vagas
  • Engenharia Civil-Aeronáutica – 18 vagas
  • Engenharia De Computação – 20 vagas
  • Engenharia Eletrônica – 18 vagas
  • Engenharia Mecânica Aeronáutica – 18 vagas  

As vagas dos cursos do vestibular ITA são divididas em duas categorias, as que são destinadas aos candidatos não optantes ao quadro de oficiais engenheiros (85) e as destinadas aos optantes a oficiais (25).

É difícil?

O ITA é conhecido nacionalmente pela alta qualidade dos cursos de engenharia que são ofertados, e para passar na prova desse vestibular não é tarefa fácil, a concorrência é grande e o conteúdo de matérias é extenso.

Para se ter uma noção do grau de dificuldade do vestibular ITA, usaremos como base estatísticas do vestibular do ano de 2017:

  • Número de candidatos inscritos: 12.484
  • Numero de candidatos inscritos e concorrência por curso:
  • Engenharia Aeroespacial  – 2.570 / 142 candidatos por vaga
  • Engenharia Aeronáutica – 2.957 / 164 candidatos por vaga
  • Engenharia Civil-Aeronáutica – 1.429 / 79 candidatos por vaga
  • Engenharia De Computação – 1.990 / 99 candidatos por vaga
  • Engenharia Eletrônica – 1.172 / 65 candidatos por vaga
  • Engenharia Mecânica Aeronáutica – 2.366 / 131 candidatos por vaga

Pela concorrência no vestibular 2017 é perceptível que passar no vestibular ITA exige bastante estudo e dedicação aos seus candidatos, a média de nota para aos alunos convocados na 1º chamada do vestibular 2017 ficou em 70 pontos.

Porém, se esse é seu sonho, não é impossível. Basta se dedicar aos estudos que o êxito é certo. Inclusive existem cursinhos específicos para quem quer ingressar no ITA, eles podem ajudar bastante.

Read Full Article

O vestibular é uma fase importante para muitas pessoas, pois é o momento de decidir qual o curso que irá fazer e a profissão que muitas vezes irá seguir para o resto da vida. Muitos alunos passam o último ano do ensino médio se preparando para o momento da prova do Enem ou do Vestibular. Ou até mesmo em cursos preparatórios a fim de conseguir uma tão sonhada vaga na faculdade. Mas já imaginou se você prestaria vestibular se ganhasse na Mega da Virada?

Essa talvez não seja a dúvida que passa na cabeça de muitas pessoas. Mas nesse artigos vamos abordar um pouco mais sobre esse assunto. Confira e nos conte o que você faria!

Faculdade traz conhecimento

Mesmo que você ganhe uma bolada na mega sena da virada, fazer uma faculdade pode ser uma boa opção, pois a faculdade proporciona conhecimento teórico e prático. E se você já tem uma estabilidade financeira então pode ter mais liberdade na hora de escolher cursos. Podendo assim optar mais por áreas de conhecimento que você tenha mais curiosidade em aprofundar o seu conhecimento teórico.

Então, mesmo que você não tenha interesse em trabalhar na área escolhida para cursar, prestar vestibular se ganhasse na mega da virada pode ser a sua oportunidade de ter mais liberdade de escolher uma profissão que goste e não uma pelo retorno financeiro que ela lhe daria.

Aprenda a investir o seu dinheiro

Prestar vestibular se ganhasse na mega da virada também poderia te ajudar a fazer o seu dinheiro render. Caso você faça uma faculdade voltada para áreas financeiras como Administração, Economia e similares. Dessa forma você já estará aprendendo a fazer o seu dinheiro render mais, se qualificará e poderá ter ainda mais do que ganhou, caso faça os investimentos certos.

Conhecerá pessoas

A faculdade também é um lugar conhecer pessoas. Você não irá ter apenas conhecimento acadêmico, mas conhecimento de vida que irá levar ao longo de todos os anos. Muitas das coisas que você aprende fora da sala de aula serão mais valiosas do que muitas aulas. Então aproveite esse tempo para fazer muitos amigos e quem sabe até mesmo fazer boas parcerias que podem render bons contratos e bons negócios no futuro.

O dinheiro pode acabar e o conhecimento fica

Pode parecer muito clichê. Porém, caso você opte por não prestar vestibular se ganhasse na Mega da Virada saiba que o dinheiro acabar é um risco real que você tem. Se você não souber como investir o seu dinheiro, não importa o valor que recebeu, ele pode acabar em 10 anos ou em apenas um mês. Então se você tem uma profissão, ou se está na faculdade, as suas chances de conseguir se recolocar no mercado de trabalho e ter um melhor padrão de vida são mais fáceis.

Então pense bem nos seus objetivos, o que você deseja e como deseja utilizar o dinheiro e conhecimento. Lembrando que não existe uma idade certa para cursar uma faculdade, então você pode aproveitar e fazer tudo no seu tempo e quando sentir que precisa passar por essa experiência.

Nos conte nos comentários se você prestaria vestibular se ganhasse na mega da virada!

Read Full Article

A PUC (Pontifícia Universidade Católica) é uma das mais antigas e renomadas universidades brasileiras.  Ela está presente em boa parte todo território nacional e é reconhecida pela sua excelência de ensino.  Entre as universidades privadas do país, a PUC é a que mais se destaca no cenário, e por isso, o vestibular PUC é um dos mais concorridos, perdendo apenas para algumas universidades públicas.

No artigo de hoje, vamos explicar como funciona o Vestibular PUC e outras formas de ingresso.

Como funciona o Vestibular PUC ?

Existem duas maneiras de ingressar na PUC, uma é pelo vestibular da Instituição e a outra forma é pelo ENEM.  Das vagas que a PUC oferta, 85% são para os que irão prestar o vestibular e os outros 15% são destinados para quem optar por usar o ENEM para ingresso.

O candidato que faz a opção pelo ENEM, não precisa prestar o vestibular PUC.  Os candidatos podem usar a nota do ENEM dos últimos 5 anos, a partir do ENEM 2013. Se o candidato não se sentir seguro apenas com a nota do ENEM, ele pode fazer a opção de concorrer pelos dois meios, ENEM e vestibular PUC.

Seleção

Para os que optarem pela seleção por meio do ENEM, o ingresso acontece da seguinte maneira.  A PUC considera, para classificação, o melhor resultado conquistado pelo candidato nas edições de 2013 a 2017, caso o candidato tenha feita a prova mais de uma vez.

A PUC acessa o resultado do candidato no banco de dados do MEC por meio do CPF, informado no ato de inscrição.  O estudante que optar pelo ENEM não concorre a bolsas de estudos, o ENEM é apenas uma maneira alternativa da instituição selecionar seus candidatos.

Para concorrer uma bolsa na PUC, a instituição possui uma seleção própria.  Para os candidatos que forem tentar o ingresso na universidade por meio do vestibular PUC, só é possível a realizar uma inscrição. Para o ENEM, os estudantes podem se inscreverem quantas vezes quiserem.

Vestibular PUC conteúdos

O conteúdo do vestibular PUC é baseado no plano de ensino do Ensino Médio Nacional.  As disciplinas que caem no vestibular são:

  • Português;
  • Matemática;
  • Geografia;
  • História
  • Física;
  • Química;
  • Literatura;
  • Biologia;
  • Línguas.

Vestibular PUC  marcando gabarito

Quais as Datas?

As datas do vestibular PUC dependem de qual estado do país você vive, cada PUC tem uma data específica para o seu vestibular, por isso, é preciso ficar atento. O vestibular na PUC para o ingresso no primeiro semestre de 2018, em quase todas as unidades, aconteceu em meados de novembro de 2017.

Para aqueles que desejam ingressar na PUC no segundo semestre de 2018, é preciso ficar atento ao

vestibular da PUC mais próxima. O vestibular PUC para o segundo semestre costuma acontecer entre abril e junho.  Se perder o prazo, será preciso esperar o próximo vestibular ou usar a nota do ENEM.

No dia da prova o candidato deve portar apenas o documento de identidade, lápis preto, caneta esferográfica preta ou azul, lápis-borracha.  Os aparelhos eletrônicos dos candidatos deverão ser guardados, as instruções são dadas pelo fiscal no dia da prova.

Preço

A PUC de cada estado pode apresentar um valor diferente de taxa de inscrição. A PUC Minas teve o valor de inscrição de R$ 65,00 para todos os cursos, exceto medicina, que foi R$260,00. Para o ingresso por meio do ENEM o valor foi de R$ 35,00.

Para os alunos que tentarem ingressar pelo FIES ou Prouni, não é preciso realizar a inscrição pela Instituição. O estudante deve se inscrever diretamente nos programas e assim serão avaliados. Não há necessidade de pagar nenhuma taxa.

Cursos ofertados

Os cursos também vão de acordo com a PUC de cada estado e campus.  Para saber se a PUC oferece o curso que você deseja, você deve entrar no site da PUC do seu estado e procurar por melhores informações.

Por exemplo, a PUC Minas, no campus Coração Eucarístico, oferece os seguintes cursos:

  • ADMINISTRAÇÃO
  • ARQUITETURA E URBANISMO
  • CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO
  • CIÊNCIAS BIOLÓGICAS – BACHARELADO
  • CIÊNCIAS BIOLÓGICAS – LICENCIATURA
  • CIÊNCIAS CONTÁBEIS
  • CIÊNCIAS ECONÔMICAS
  • CIÊNCIAS SOCIAIS – BACHARELADO
  • CIÊNCIAS SOCIAIS – LICENCIATURA
  • CINEMA E AUDIOVISUAL
  • DIREITO
  • EDUCAÇÃO FÍSICA – BACHARELADO
  • EDUCAÇÃO FÍSICA – LICENCIATURA
  • ENFERMAGEM
  • ENGENHARIA CIVIL
  • ENGENHARIA DE CONTROLE E AUTOMAÇÃO
  • ENGENHARIA DE ENERGIA
  • ENGENHARIA DE PRODUÇÃO
  • ENGENHARIA ELÉTRICA
  • ENGENHARIA ELETRÔNICA E DE TELECOMUNICAÇÃO
  • ENGENHARIA MECÂNICA
  • ENGENHARIA METALÚRGICA
  • ENGENHARIA QUÍMICA
  • FILOSOFIA – BACHARELADO
  • FILOSOFIA – LICENCIATURA
  • FÍSICA
  • FISIOTERAPIA
  • FONOAUDIOLOGIA
  • GEOGRAFIA – BACHARELADO
  • GEOGRAFIA – LICENCIATURA
  • HISTÓRIA – BACHARELADO
  • HISTÓRIA – LICENCIATURA
  • JORNALISMO
  • LETRAS – BACHARELADO
  • LETRAS – LICENCIATURA EM PORTUGUÊS
  • LETRAS – LICENCIATURA EM PORTUGUÊS/INGLÊS
  • MATEMÁTICA
  • ODONTOLOGIA
  • PEDAGOGIA
  • PSICOLOGIA
  • PUBLICIDADE E PROPAGANDA
  • RELAÇÕES INTERNACIONAIS
  • RELAÇÕES PÚBLICAS
  • SERVIÇO SOCIAL
  • TEOLOGIA
Read Full Article

Sabemos que a época do ano mais esperada pelos alunos do último ano do ensino médio é o começo do ano, não só pelas férias de verão, que ainda estão em todo vapor, mas também pelos resultados da nota do Enem. Divulgadas a nota do Enem 2017, existe outra preocupação: O Sisu 2018. 

Qual curso me inscrever? Qual faculdade escolher? Será que minha nota será aceita? Qual é a nota de corte desse curso? São perguntas que todas as pessoas que desejam ingressar esse ano em uma Universidade fazem após a abertura do Sisu.

Mas o que é Sisu? Como ele funciona? Nesse texto você vai encontrar todas as informações sobre o Sisu 2018, e tudo que você tem que fazer para entrar na faculdade dos seus sonhos e iniciar sua carreira profissional.Vamos conferir?

Sisu 2018: O que é? Quem pode se inscrever?

O Sisu 2018 nada mais é do que o Sistema de Seleção Unificada, ou seja um sistema informatizado do MEC (Ministério da educação), no qual instituições públicas do ensino superior disponibilizam vagas para participantes do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio.)

Para participar do Sisu 2018 basta ter feito a prova do Enem 2017 e ter tirado uma nota diferente de zero na redação.

O Sisu foi desenvolvido pelo MEC (Ministério da Educação) com o objetivo único de selecionar candidatos para vagas em instituições públicas de ensino superior que utilizam a nota do Enem como única fase no processo seletivo.

Ou seja, o Sisu oferece bolsas gratuitas para alunos em instituições públicas de ensino, para que as mesmas possam iniciar sua trajetória profissional.

sisu 2018 imagem

Como funciona?

O Sisu (Sistema de seleção unificada) acontece duas vezes no ano. A primeira edição acontece em Janeiro e a segunda no segundo semestre, mais ou menos em um prazo de 6 meses entre cada edição.

Caso você perca o  prazo de inscrição do mês de Janeiro, não for selecionado ou por algum motivo deseja se candidatar para outra vaga, você pode fazer uma nova inscrição, na próxima edição do Sisu que acontecerá no segundo semestre.

Vale ressaltar que não são todas as instituições de ensino que abrem vagas no segundo semestre, tudo depende das vagas preenchidas em janeiro, vagas ociosas, desistentes e do próprio processo de ingresso na universidade.

Inscrições Sisu 2018

As Inscrições do Sisu 2018 abrem dia 23 de janeiro de 2018 e vão até as 23:59 horas do dia 26 de janeiro de 2018.

Para concorrer a uma das vagas em universidades, institutos de tecnologia, e centros tecnológicos estaduais ou federais, oferecidas em todo o Brasil, o aluno deve ter feito o Enem 2017, não ter zerado a redação e ter alcançado a nota mínima ou média que algumas instituições exigem para os cursos, chamada de nota de corte.

De acordo com a nota de corte você pode ser selecionado logo na primeira chamada, ficar na lista de espera para ser chamado na segunda, terceira, ou quarta chamada, ou ser diretamente reprovado.

Todo o processo seletivo do Sisu é realizado em uma única etapa, e funciona da seguinte forma:

Com o número de inscrição do Enem e a senha correspondente em mãos, o aluno entra no site do SISU 2018,  o estudante, na hora da inscrição, tem a possibilidade de escolher duas opções de cursos, sendo considerada como prioridade pelo sistema de seleção a primeira opção.

Na hora da inscrição, o candidato também deverá escolher o tipo de vaga que deseja: Ampla concorrência, Cotas, ou demais vagas de acordo com as políticas das instituições.

É recomendado que os candidatos fiquem atentos as inscrições, podendo fazer alterações até o dia da última data de inscrição (26 de janeiro de 2018). Ou seja, a última inscrição confirmada que será considerada válida pelo sistema.

sisu 2018

sisu 2018

Qual a data das inscrições do Sisu 2018 ?

Como já mencionado acima as inscrições para o Sisu 2018 começa dia 23 de janeiro de 2018 e vai até dia 26 de janeiro de 2016.

Durante esse período os candidatos podem  escolher suas vagas, de acordo com suas notas do Enem 2017 e com as notas de corte de cada curso em cada instituição.

Confira o cronograma do Sisu 2018:

  • 23/1 a 26/1: Período de inscrições (as notas de corte serão divulgada nos dias 24, 25 e 26)
  • 29/1: Resultado da chamada regular
  • 29/1 a 7/2: Prazo para participar da lista de espera
  • 30/1 a 7/2: Matrícula da chamada regular
  • 9/2: Convocação dos candidatos em lista de espera pelas instituições a partir desta data.

É cobrada alguma taxa para a realização das inscrições?

Não. Fique tranquilo(a)! Não vai ser cobrado nenhum valor para que você realize as inscrições do Sisu 2018.

O que preciso para fazer minha inscrição no Sisu 2018?

Como já citado a cima, para realizar sua inscrição no sistema do Sisu 2018, e assim escolher em qual instituição pública você deseja estudar e qual curso deseja cursar, você precisará do seu número de inscrição do Enem 2017 e a senha do cadastro.

Caso você tenha esquecido sua senha, você pode entrar no site do Enem, para resgatá-la, clicando aqui!

Lista de Espera

Após a divulgação dos aprovados na chamada regular do processo seletivo, o Sisu disponibilizará uma lista de espera, com os possíveis candidatos que irão preencher as vagas não ocupadas.

Ou seja, ao escolher duas vagas no ato da inscrição do Sisu 2018 e não for selecionado na primeira chamada, o aluno poderá manifestar o interesse na lista de espera dentro do prazo estimado no cronograma.

Os candidatos não selecionados em nenhuma das vagas nas chamadas regulares ou selecionados apenas na segunda opção podem manifestar interesse na lista de espera.

A participação na lista de espera estará restrita à primeira opção de vaga do candidato.

É recomendado que o candidato acompanhe as próximas chamadas da lista de espera no site da instituição.

Fui selecionado, e agora?

Ao ser selecionado, o candidato deverá se informar no site da instituição, sobre os documentos necessários, exigidos pela instituição no ato da matrícula.

E ai gostou do texto? Já sabe qual vaga irá tentar no Sisu 2018? Deixe seu comentário, vamos adorar saber sobre suas escolhas.

Read Full Article